Assine o fluminense
Na Onda

A atleta niteroiense Paola Simão fala sobre as principais modalidades de esportes praticados no país, sem esquecer dos circuitos mais radicais que agitam as ondas de Niterói

Mulheres invadem tatames

Academias de artes marciais passaram a ter turmas exclusivamente femininas

Foto: Divulgação

Seja por uma vida mais saudável, um corpo sarado à necessidade de autodefesa, é inegável que cada vez mais presenciamos mulheres praticando artes marciais.  

Mesmo ainda sendo dominado pelo público masculino tanto na prática como no consumo, o número de mulheres cresceu consideravelmente nos últimos anos e várias academias do Brasil passaram a ter turmas exclusivamente femininas.   

Na nossa cidade, onde existem diversos atletas que são referências mundiais, não poderia ser diferente .Temos como grande exemplo a atleta Fabíola Soares, que começou a praticar o Jiu Jitsu aos 19 anos e  hoje, com 42 anos, é faixa preta. A niteroiense tem uma vasta turma só para mulheres que praticam Jiu Jitsu e defesa pessoal e que se divide entre crianças, jovens e adultos, variando entre 9 a 58 anos.  

Ela afirma que seu maior objetivo é fazer as mulheres perceberem que podem se prevenir contra a violência mudando a forma de como lidam com o medo e a autoestima.  

“Com a insegurança nas ruas e até dentro de casa, os números revelam os motivos que as levam a querer se defender. Defesa pessoal e Jiu Jitsu não tem nada a ver com força” afirma a niteroiense. 

“Vivemos em tempos de empoderamento e cada vez mais mulheres vão à luta literalmente. Quando comecei a praticar o esporte eu só treinava com homens e hoje ter uma turma com 20 mulheres é um sonho se realizando”, complementa a atleta.  

Dentre os benefícios que  as artes maciais proporcionam, podemos destacar o aumento da concentração  e diminuição de stress (na grande maioria tem um trabalho mental e emocional igualmente eficiente),o desenvolvimento equilibrado (os exercícios contemplam vários aspectos do corpo como força, agilidade, mobilidade e percepção) e outro fator importante é o convívio social, onde os alunos são ensinados a respeitar uns aos outros construindo uma empatia entre os praticantes envolvidos. 

Por todas estas vantagens assimiladas dentro de uma única atividade, a arte marcial é extremamente recomendada. 

As aulas da atleta Fabíola acontecem de segunda a sexta, nos horários da manhã, tarde e noite no Estúdio de treinamento funcional Quality Fit situado na Av. Ary Parreiras 441, em Icaraí.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Mais notícias de Na Onda

Scroll To Top