Assine o fluminense

Niteroiense conquista título no México

A história de Kalani Lattanzi e os fortes tubos de Puerto Escondido, no México, ganhou mais um capítulo na última semana, quando ele venceu o campeonato de bodysurfing local que reuniu 32 atletas de várias partes do mundo. Também foi por lá que, em 2015, Kalani surfou a onda apontada por muitos como “a maior onda já surfada por um bodyboard”. Entrosado com as ondas do paraíso do surf mexicano, ele comemorou o feito:

“Foi um dia de mar menor, com ondas de 1 metro mais ou menos, mas vencer em Puerto Escondido é sempre especial porque é uma onda muita forte e, pra mim, uma das melhores do mundo. No campeonato, aproveitei bem o mar e consegui avançar. Foi muito irado e fui feliz com o primeiro lugar”.

No pódio, os locais Barchi Quadros e Godofredo, salva-vidas e um dos idealizadores da competição, juntaram-se a Kalani na segunda e terceira colocação, respectivamente. 

“O Barchi era mesmo um dos favoritos, ele é da nova geração e pega muita onda e o ‘Godo’ também conhece bem a praia. Com um nível tão alto, é ainda mais gratificante conseguir ser campeão aqui”, avaliou.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top