Assine o fluminense
Na bola e na raça

O jornalista Mario Hugo Monken comenta os lances mais polêmicos e as principais partidas do futebol nacional e internacional

Pequenos se armam para fazer graça no Estadual

Os times de menor investimento do Rio querem surpreender os grandes no Campeonato Estadual. E para isso promovem uma série de atrações ao torneio com a contratação de profissionais conhecidos e renomados.

O maior destaque, sem dúvida, é a presença do atacante Loco Abreu, de 40 anos, no Bangu. Ídolo do Botafogo, Loco acaba de ser artilheiro e campeão do campeonato de El Salvador e diz que tem ainda muito para mostrar ao futebol.

O Boavista está recheado de atrações. A maior delas é o técnico Joel Santana, sete vezes campeão  estadual pelos grandes do Rio. O time de Saquarema ainda se reforçou com jogadores experientes e conhecidos como o goleiro Felipe (ex-Flamengo), os zagueiros Renato Silva e Antônio Carlos e o meia Fellype Gabriel, todos também com passagens por equipes grandes da capital.

No Tigres do Brasil, o destaque fica por conta da comissão técnica formada pelos ex-jogadores do Vasco, Felipe (técnico), que estreia na função, e Pedrinho (auxiliar).

O Macaé apostou em Renê Simões para ser seu treinador e conta com Romarinho, filho do ex-atacante Romário.

A Cabofriense, que joga a seletiva, terá o zagueiro Leandro Euzébio, bicampeão brasileiro com o Fluminense.

 As novidades podem não fazer com que os pequenos aprontem no Estadual mas ao menos poderão despertar a curiosidade do torcedor e trazer um pouco de charme na competição que anda esvaziada.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top