NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Remadoras de Niterói: 130km em 17,5 horas

As remadoras se revezeram durante o percurso

Gabi Latini/Divulgação

No último sábado, 2,  um grupo de mulheres remadoras de Niterói realizou uma travessia de 130km em canoa polinésia da Cidade Sorriso a Ilha Grande. A largada foi na Praia de Itaipu, na Região Oceânica no fim da tarde de sexta-feira, dia 1º de fevereiro, às 18h, e a chegada foi na Praia do Abraão, às 11h30 do dia seguinte. 

O desafio foi desenhado por Luiza Perin, 38 anos, fundadora da escola de remadores Itaipu Surf Hoe, em Niterói. Este percurso já foi realizado outras vezes em diferentes formatos por remadores pioneiros no esporte, desde 2003, mas foi a primeira vez que uma equipe de 12 mulheres encarou o percurso. 

“Um dos segredos para o sucesso de remadas como esta, de grandes distâncias e superações a serem vencidas, é a determinação. Mostrar às remadoras do Itaipu Surf Hoe o quanto elas podem conquistar usando sua determinação é uma lição que as leva muito além da Ilha Grande a bordo de uma canoa, é uma lição para a vida”, explica Luiza, uma das mais experientes nesse tipo de trajeto. Só ela fez o mesmo percurso quatro vezes.
 
A remada aconteceu em formato de revezamento e as doze remadoras se alternaram de hora em hora para dividir os seis bancos da canoa. 

Além disso, a equipe foi acompanhada por um barco de apoio com uma equipe de filmagem que registrou os momentos mais emocionantes da jornada e está produzindo um mini documentário que será lançado no final do mês e disponibilizado na internet.  
“Essa travessia fez uma grande diferença na minha vida, me sinto outra mulher, pois aprendi que os limites estão aí para serem ultrapassados”, diz Derli, uma das mulheres da equipe, remadora da escola há dez meses.

As doze remadoras niteroienses são: Luiza Perin, Tatiana Castella, Raysa Ribeiro, Simone Condeixa, Bruna Motta, Ana Luiza Ramos, Mariana Escanho, Barbara Verorazzi, Derli Castro, Graça Faro, Fernanda Lima e Gabi Latinni. 

Scroll To Top