Assine o fluminense

São Paulo notifica Flamengo e Everton deve ir para o Morumbi

Presidente rubro-negro confirma que o Tricolor garantiu que pagará a multa

O meia Everton Cardoso está próximo de deixar o Flamengo e rumar para o São Paulo após o pagamento da multa rescisória

Gilvan de Souza / Flamengo

A novela envolvendo o meia Everton e a sua transferência para o São Paulo parece que está se aproximando do final. A saída do jogador depende do pagamento da multa rescisória por parte do Tricolor do Morumbi. Para ficar com Everton, o São Paulo precisa pagar quatro milhões de euros (cerca de R$ 16 milhões). O presidente Bandeira de Melo disse, nesta segunda-feira, que o Flamengo já foi notificado de que a equipe paulista vai depositar o valor da multa e que caso, o valor seja pago, Everton deixará de vestir a camisa rubro-negra.

O dirigente disse que tudo indica que Everton está concordando com a transferência, mas que se houver uma reviravolta e o São Paulo não fizer o pagamento, o jogador será reintegrado e continuará sendo bem acolhido no clube da Gávea. Everton tem 29 anos já disputou 204 jogos pelo Flamengo, marcando e 34 gols. 

Para Mauricio Barbieri, a saída de Everton será uma grande perda, mas ressaltou que o Flamengo tem um elenco de qualidade e que vai suprir a ausência do jogador. Barbieri atendeu a um comunicado da diretoria e não relacionou Everton para a estreia no Campeonato Brasileiro, sábado, diante do Vitória.

O treinador interino disse que está preocupado em montar o time para a partida desta quarta-feira, quando o Flamengo enfrentará o Santa Fé, da Colômbia, no Maracanã, pela terceira rodada da Taça Libertadores. Barbieri garantiu que não está ansioso por uma possível efetivação na direção técnica e disse que a diretoria saberá o momento certo para tomar as decisões. O treinador explicou que está pensando apenas em contribuir e se confessou satisfeito com a evolução que a equipe vem apresentando nas últimas partidas.

“Sigo feliz e motivado de estar no maior clube do Brasil. Estou pensando dia a dia em poder contribuir”, disse.

O presidente Eduardo Bandeira de Mello disse que a diretoria ainda não está pensando na efetivação de Barbieri e lembrou que o treinador faz parte da comissão técnica permanente do clube, o que demonstra a sua capacidade e a confiança que o seu clube tem no seu trabalho.

Para a partida diante do Santa Fé, Maurício Barbieri pensa em repetir a equipe que começou o jogo diante do Vitória, no último sábado, em Salvador. Vinicius Junior que entrou na vaga deixada por Everton, deve ser mantido. O treinador disse que as circunstâncias que cercaram o jogo no Barradão acabaram por prejudicar a equipe. Para Barbieri, o pênalti e a expulsão condicionaram o jogo e ele foi obrigado a mexer no time, bem antes do previsto.

Árbitro de vídeo - O zagueiro Réver, capitão da equipe do Flamengo, analisou os acontecimentos do jogo disputado no Barradão e defendeu a utilização do árbitro de vídeo nos jogos do Campeonato Brasileiro. Réver disse que o lance foi muito rápido e que só no intervalo é que os jogadores tiveram certeza de que a bola havia batido no rosto de Éverton Ribeiro. 

 
Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top