Assine o fluminense

Salário vira prioridade para nova gestão

Fluminense ainda busca um acorda de patrocínio

Depois da cerimônia de posse realizada na noite de segunda-feira, Mário Bittencourt amanheceu na terça-feira como presidente do Fluminense. Orgulhoso de ter chegado ao posto máximo do clube, onde iniciou como estagiário de Direito na década de 90, ele e seu vice-presidente geral, Celso Barros, ex-presidente da Unimed quando esta era a grande parceira do Tricolor, terão duas missões iniciais: colocar os salários em dia e anunciar o tão sonhado patrocinador máster.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top