Assine o fluminense

Seleção feminina pega a França pelas oitavas de final

Duelo será de vida ou morte. Partida começará às 16h, no Stade Océane

Jogadoras do Brasil sabem da importância do duelo deste domingo. A base da equipe francesa venceu a Liga dos Campeões

Assessoria / CBF

A Seleção Brasileira tem seu desafio pelas oitavas de final da Copa do Mundo feminina de futebol neste domingo, às 16h(de Brasília), quando terá pela frente ninguém menos que a anfitrião França em choque programado para o Estádio Océane, em Le Havre.

O Brasil avançou como um dos melhores terceiros colocados, mas fez uma boa campanha aqui, ganhando de Jamaica por 3 a 0 e Itália por 1 a 0 e perdendo para a Austrália por 3 a 2 em um duelo que chegou a abrir 3 a 2. Já as francesas ficaram em primeiro lugar em seu grupo, com nove pontos e cem por cento de aproveitamento.

Vadão, treinador da Seleção Brasileira, sabe que se trata de um confronto complicado.

“Nós sabemos que as oitavas de final não reservam facilidades. É sempre um duelo muito complicado, contra uma grande força do futebol europeu e precisamos estar atentos os noventa minutos, senão vamos pagar um preço alto”, disse Vadão.

Com a experiente meia Formiga se recuperando de uma entorse no tornozelo direito, o meio-de-campo deverá ser composto por Thaisa, Andressinha e Ludmila.

Pelo lado da França, que vai manter a base que vem jogando, a técnica Corinne Diacre pede cuidados com o Brasil.

“O Brasil está longe de ser um time ingênuo. Tem Marta, uma das mais poderosas jogadoras, e ganhou da Itália”, alertou a treinadora da França.

Caso a partida termine empatada no tempo regulamentar, acontecerá uma prorrogação de trinta minutos. Persistindo a igualdade no tempo extra, a vitoriosa será conhecida nas cobranças de pênaltis.

Outros jogos – No outro jogo do domingo, às 12h30(de Brasília), no Estádio Hainaut, em Valenciennes, jogam Inglaterra e Camarões. As inglesas venceram o Grupo D com nove pontos e cem por cento de aproveitamento. Já as camaronesas avançaram como uma das melhores terceiras colocadas, ficando atrás de Holanda e Canadá no Grupo E.

Na segunda-feira acontecem mais dois jogos. No Estádio Auguste-Delaune, em Reims, às 13h(de Brasília), a favorita Estados Unidos, que defende os cem por cento de aproveitamento, encara a Espanha, que ficou em segundo lugar no Grupo B, atrás da Alemanha. Deste duelo sai o rival de Brasil ou França nas quartas.

Um pouco mais tarde, às 16h(de Brasília), jogam Suécia, que ficou em segundo lugar no grupo vencido pelos Estados Unidos, e Canadá no Estádio Parc dos Princes, em Paris. As canadenses ficaram em segundo lugar no Grupo E, que teve a Holanda como vitoriosa.  

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top