Assine o fluminense

Sem surpresas, Tite divulga lista para a Copa América

Treinador disse que foi a convocação mais difícil que já fez

Jogador justificou coerência na convocação

Douglas Macedo

O técnico Tite convocou na manhã desta sexta-feira (17), na sede da CBF, no Rio, os 23 jogadores para a disputa da Copa América, que acontecerá no Brasil entre os dias 14 de junho e 7 de julho. E não teve surpresas na escolha. Foram chamados os goleiros Alisson, Cassio e Ederson. Para a defesa foram chamados Alex Sandro, Daniel Alves, Éder Militão, Fagner, Filipe Luís, Marquinhos, Miranda e Thiago Silva. Para o meio-campo, foram chamados Allan, Arthur, Casemiro, Fernandinho, Lucas Paquetá, e Phillippe Coutinho. Para o ataque, Tite chamou David Neres, Éverton, Firmino, Gabriel Jesus, Neymar e Richarlison.

O técnico Tite explicou que foi a lista mais difícil que ele já fez à frente da Seleção Brasileira. Ciente do bom momento vivido por diversos atletas na Europa, como o volante Fabinho (Liverpool) e Lucas Moura (Tottenham), o treinador justificou 

“O Fabinho vive um grande momento. Foi muito difícil a escolha. Qualquer uma escolha estaria bem feita. Não tem demérito, tem os três (Fabinho, Fernandinho e Casemiro) em altíssimo nível. Dói ao técnico escolher, mas é a função do treinador”, resumiu Tite.

Muito questionado, o treinador fez questão de dizer que o episódio em que o atacante Neymar agrediu um torcedor com um soco, quando saía de campo, após uma partida do PSG, não passará impune. O episódio, inclusive, poderá ser determinante para a concessão da braçadeira de capitão. Uma conversa entre treinador e atleta vai definir os próximos passos. 

No entanto, Ele deixou claro que o episódio não tinha peso suficiente para tira-lo de uma convocação importante.

“Eu vou conversar com ele. Ao contrário do que pensam com o episódio que aconteceu com o Douglas Costa, em que ele desferiu uma cusparada no jogador no passado, ele não foi convocado por uma questão também de lesão”, justificou.

Perguntado sobre algumas ausências, como o atacante Vinicius Junior e Lucas Moura, além do volante Fabinho.

Entre os 23 convocados, 14 são remanescentes do Mundial da Rússia: Alisson, Ederson, Cássio, Marquinhos, Thiago Silva, Fagner, Filipe Luís, Miranda, Coutinho, Casemiro, Fernandinho, Firmino, Gabriel Jesus e Neymar.

Tite explicou que o objetivo é dar rodagem aos atletas mais novos e continuar o trabalho que vinha sendo feito nos últimos anos. Perguntado se o mais importante era resultado ou desempenho, o treinador foi taxativo.

“Desempenho. Com certeza, vai ser desempenho sempre. Ainda que isso me custe o emprego, eu tenho que ser coerente com tudo aquilo que prego”, explicou o treinador.

O Brasil, que está no Grupo A com Bolívia, Peru e Venezuela, estreia na competição contra os bolivianos no Morumbi, às 21h30. Em seguida, no dia 18, a seleção enfrenta os venezuelanos no mesmo horário, na Arena Fonte Nova, em Salvador. Já no dia 22, os comandados de Tite encerram a participação na fase de grupos encarando a equipe peruana às 16h, na Arena Corinthians.

Jogadores e comissão técnica farão a preparação na Granja Comary, em Teresópolis, Região Serrana do Rio de Janeiro. No dia 22, um pequeno grupo já se apresenta no CT, enquanto o restante do elenco deverá se apresentar até o fim do mês. Antes da estreia na competição, o Brasil enfrentará o Catar no próximo dia 5, em Porto Alegre e fecha o período de amistosos contra Honduras no dia 9, em Porto Alegre.
 

Jogadores comemoram nas redes sociais

Nas redes sociais, os atletas convocados por Tite comemoraram a oportunidade de defender o Brasil na Copa América.David Neres, um dos grandes nomes do Ajax na temporada, foi convocado e não deixou o momento passar em branco. Em seu Instagram pessoal publicou uma mensagem ao lado de uma imagem com a camisa da Seleção.

“A cada dia meus sonhos vem sendo realizados. Obrigado meu Deus pela honra de representar o nosso povo, a minha terra tão amada! Vamos pra cima e alegria sempre!”, escreveu. Além da legenda “A emoção é gigante por natureza”, Richarlison publicou um vídeo que rememora seus momentos na Seleção, com a sua primeira convocação em setembro do ano passado, nos Estados Unidos, seguido de lances vestindo a amarelinha.

No Brasil, o goleiro Cássio, do Corinthians, também enalteceu a conquista pessoal.

“Uma convocação que vem para gratificar todo o trabalho realizado. Será uma honra vestir a camisa do Brasil e disputar uma Copa América em nosso país. Mais uma vez obrigado a Deus, a minha família, meus amigos, comissão técnica, funcionários, diretoria, jogadores do Corinthians, fiel torcida por terem de alguma forma me ajudado a chegar à seleção”, publicou o arqueiro.

O Corinthians parabenizou não só Cássio, como também o lateral Fagner, também chamado por Tite.

“O goleiro Cássio e o lateral direito Fagner estão entre os 23 selecionados pelo técnico Tite para a disputa da Copa América 2019. Parabéns, monstros!”. A dupla corintiana ainda concedeu entrevista coletiva no CT Joaquim Grava após o treinamento do Timão.

“É um momento de felicidade. Todo atleta sonha e almeja disputar grandes competições pela Seleção. É o fato de poder representar o país em uma Copa América dentro de casa. Isso é motivo de orgulho, de muita felicidade. E agradecer a todos os companheiros, que todo dia estão aí nos ajudando de todas as formas”,  disse Fagner.

“Agradecer aos familiares, a todos que ajudaram de uma forma ou outra, nosso time, nossos companheiros, especificamente Leandro (Idalino) e João (Lacerda), que são meus preparadores, os goleiros. Poder representação meus país em uma Copa América no Brasil é uma responsabilidade muito grande, mas estou feliz e pronto para essa responsabilidade. Então, é só fazer o melhor lá”, declarou Cássio.

O Grêmio não deixou de parabenizar Everton, outro convocado. “Parabéns, Cebolinha!”.

Fernandinho, Thiago Silva e Arthur, publicaram uma imagem com a camisa verde e amarela na função stories do Instagram.

 

 

 
Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top