Assine o fluminense

Talentos do Jiu-Jitsu lutam em Itaboraí

O evento reuniu aproximadamente mil pessoas

Crianças e adolescentes disputaram o I Campeontado de Jiu-Jitsu da cidade

Augusto Junior/Prefeitura de Itaboraí

No último domingo (14), a quadra poliesportiva do Colégio Adventista, no Centro, virou palco do I Campeonato de Jiu Jitsu de Itaboraí, organizado pela Liga de Jiu-Jitsu do município, com apoio da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo. O evento reuniu aproximadamente mil pessoas, que prestigiaram os lutadores da arte marcial japonesa.

No tatame, técnicas e golpes vibravam o público que teve oportunidade de assistir as lutas, reunindo atletas de todas as categorias, nas modalidades feminino/masculino e paraolímpicos, com idade de 6 a 70 anos. Além de todas as cores de faixas e pesos, deixando o pódio do ginásio pequeno para tantos talentos. Competiram 350 atletas de 40 agremiações diferentes.

O presidente da Liga de Jiu-Jitsu, Marco Antônio Emerich de Melo, aproveitou a oportunidade para agradecer todo incentivo que o governo municipal vem dando ao esporte e apoio as competições. “Fico feliz em ver esta quadra cheia de atletas e expectadores prestigiando nosso evento”, comentou Marco Antonio.

O secretário municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo, Leonidas Souza, esteve junto aos atletas acompanhando de perto todo evento. “O esporte vem se apresentando como um grande diferencial na vida dos nossos jovens. E o que a Prefeitura de Itaboraí mais quer é isso, proporcionar atividades extracurriculares e para isso nada melhor do que o esporte. Ele educa, ele disciplina e dá a oportunidade de sonhar, fazendo que nossos jovens corram atrás das conquistas”, afirmou Leonidas.

Kelly Maciel da Silva foi até o evento acompanhar seu filho, atleta da modalidade infantil, e mostrou-se muito satisfeita com a oportunidade que a Prefeitura está proporcionando. Para ela, iniciativas como essa, em apoiar o esporte, faz todo diferencial na vida de seu filho.

“Incentivo muito meu filho a praticar esportes. Assim como meu filho, que outras crianças possam abraçar as oportunidades que encontrarem e meu filho fez isso com o jiu jitsu. Fico feliz em ver minha cidade envolvida nessas causas que, com certeza, modificam a vida das pessoas”, ressaltou Kelly. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top