Assine o fluminense

Torneio em Niterói terá os melhores do mundo

Rio Beach Tennis Tour vai reunir os Top-10 na Praia de São Francisco

A alemã Maraike e a brasileira Rafa Miller formam uma das duplas mais fortes. Elas são a quarta e quinta melhor do mundo, respectivamente e estarão em Niterói

Divulgação

Está definida a lista dos atletas da categoria Profissional que irão disputar o título do Rio Beach Tennis Tour, evento em parceria com a Secretaria de Esportes e Lazer de Niterói,  que será jogado entre os dias 26 e 28 de abril na praia de São Francisco, em Niterói, com US$ 3 mil em premiação (R$ 11 mil) e dará hospedagem aos atletas principais atletas.

O torneio terá ao todo dez jogadores entre os dez melhores no mundo no masculino e no feminino. Entre os homens as presenças já confirmadas anteriormente com o número dois do mundo, o russo Nikita Burmakin,que liderou a tabela da Federação Internacional de Tênis até o fim de março, o terceiro do mundo e seu parceiro, o italiano Tomaso Giovannini. Além deles outro ex-número 1 do mundo, o italiano Luca Cramarossa, campeão em Niterói há dois anos e atual 5º colocado, e seu parceiro, o atual campeão mundial, o italiano Mikael Alessi, sexto do ranking.

A lista feminina foi confirmada nesta segunda-feira (15) com presenças de seis jogadoras do top 10. A melhor ranqueada é a brasileira Rafaella Miiller, quarto do mundo, natural de Maringá (PR) e radicada em Balneário Camboriú (SC). Ela forma parceria com a alemã Maraike Biglmaier, quinta do mundo e ex-líder do ranking: “Adorei minha experiência anterior em Niterói, linda vista, estou ansiosa por voltar. Dois anos atrás joguei contra a Rafa e agora somos parceiras”, disse a alemã que ao lado de Rafa cravou títulos importantes como o torneio de Aruba, o maior do mundo em número de atletas e dos mais conceituados do mundo, além da África do Sul e Terracina, palco do próximo Mundial no meio deste ano.

“Temos uma grande combinação, somos muito agressivas e esperamos que isso funcione em Niterói também. Tivemos grandes conquistas juntas ano passado e vamos passo a passo esse ano tentando ganhar o máximo de torneios possíveis, queremos chegar ao topo, mas vai depender do sistema de pontos que é um pouco estranho e queremos ganhar o Mundial juntas também”, seguiu a germânica que era tenista profissional, mas uma longa lesão a fez parar por um tempo e conhecer o Beach Tennis na Áustria onde não parou mais de jogar. Além do esporte ela estuda direito e trabalha em uma empresa britânica de negócios.

“Somos duas jogadoras bem agressivas com estilos de jogos parecidos, nos adaptamos bem ao nosso estilo de jogo. Este ano ainda não tivemos um bom resultado, antes de Niterói jogaremos em Curitiba então esperamos bons resultados para embalar no ano para outros eventos a seguir”, disse Rafa Miiller. 

Duas duplas brasileiras vêm forte buscando tirar o favoritismo de Rafa Miiller/Biglmaier e das italianas. Duas delas ex-líderes do ranking, as cariocas Joana Cortez e Samantha Barijan. Joana, atual 8ª, joga com a paranaense Marcela Vita, 11ª, e Barijan, 19ª, joga com a mesma colocada no ranking, Flavia Muniz.

Copa – A competição também é importante aos atletas do estado do Rio de Janeiro. Será a primeira etapa onde os jogadores de todas as categorias no profissional e no amador vão somar pontos na busca por representar o estado na Copa das Federações que será jogada em outubro, evento organizado pela Confederação Brasileira de Tênis.

A etapa de Niterói conta com o patrocínio da Secretaria de Esportes e Lazer de Niterói e tem a chancela da Confederação Brasileira de Tênis (CBT), Federação Internacional de Tênis e da Tênis RJ. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top