NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Vasco corre risco de ser despejado de CT

A FOX Sports divulgou nesta terça-feira que, com uma dívida de R$ 660 mil, o Vasco corre risco de ser despejado do CT do Almirante. O proprietário do local Evandro Ferreira alega que o valor é referente a três aluguéis vencidos, além de multas e correções de atrasos anteriores. Inicialmente, o acordo entre as partes previa a necessidade do clube se retirar do local em caso de atraso de dos meses.

Evandro diz ter procurado o presidente Alexandre Campello para tratar pessoalmente dos atrasos, mas, por não obter sucesso, decidiu levar o caso à Justiça. Assim sendo, o Vasco recebeu uma notificação na última quinta-feira (18), exigindo o pagamento das dívidas com um prazo de 15 dias.

O jornal ainda informa que o Vasco chegou a efetuar um pagamento com a quantia de R$ 213 mil, o que não evita que o clube seja despejado do local se não pagar os R$ 450 mil restantes nos próximos 10 dias.

O contrato de aluguel foi assinado com duração de três anos, e é válido até o fim de 2020. 

Boa fase – A boa fase do Vasco no Campeonato Brasileiro tem mostrado alguns destaques para o torcedor. Um deles é o volante Raul, líder de desarmes do time na temporada e que ajudou nas três vitórias do time nos últimos quatro jogos. O cearense falou sobre o triunfo de domingo, no clássico diante do Fluminense, e sobre o peso de vestir a camisa do Vasco.

“É sempre bom vencer, ainda mais se tratando de clássico. Nós viemos de uma sequência boa, fizemos um grande jogo contra o Grêmio, infelizmente não veio a vitória, mas sabíamos da importância do jogo com o Fluminense e conseguimos o resultado positivo. Toda vitória é fundamental. Sabemos da pressão que é jogar no Vasco. Do peso dessa camisa e da responsabilidade. Independente do jogo em casa ou fora, temos que entrar pra vencer”, disse o camisa 31.

Scroll To Top