NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Vasco quer impugnar duelo contra o Grêmio

A derrota para o Grêmio, no último sábado, ainda não digerida pelos vascaínos. A polêmica anulação do segundo gol da equipe carioca na Arena continua a ser motivo de insatisfação em São Januário. Após o técnico Vanderlei Luxemburgo, o presidente Alexandre Campello pediu punição ao árbitro Rodolpho Toski Marques e disse que o departamento jurídico entrará com o pedido de impugnação do duelo.

“O Vasco teria 2 a 0. Ele não só anulou gol, mas pendurou nosso time com três cartões amarelos, tirou o Rossi do próximo jogo. Um árbitro que atrapalhou. Acho que seria importante que quem comanda, se pronuncie. O clube foi punido. E o árbitro? Será punido? Quem será responsabilizado nessa perda de ponto lá na frente? O erro foi imperdoável. Essa utilização do VAR tem que ser com mais carinho”, disse.

Alexandre Campello já tinha se manifestado pelas redes sociais após o confronto.

“Eu, como qualquer torcedor vascaíno, estou indignado. A arbitragem mudou a história do jogo. O árbitro não teve coragem de manter a sua própria decisão. Não teve coragem de fazer o certo. Apitou para o time da casa. Eu me pergunto se um árbitro como esse, sem personalidade, tem condições de apitar uma partida dessa importância. Deixo a pergunta a quem o escala?”, escreveu.

Com a derrota, o Vasco voltou a ficar próximo da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Com nove pontos, os cruzmaltinos estão apenas um a frente da degola.

Scroll To Top