Assine o fluminense

Vasco sai na frente, mas cede empate

Gigante da Colina ficou no 1 a 1 com a Chapecoense em São Januário

Ainda sem a presença da sua torcida em São Januário, a equipe do Vasco tentou, mas não conseguiu somar três pontos na 26ª rodada do Brasileirão

Foto: Divulgação / Paulo Fernandes / Vasco

O Vasco recebeu a Chapecoense na tarde deste sábado em São Januário e ficou apenas com um empate em 1 a 1, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro, na última partida da punição de atuar sem torcida. Andrés Rios abriu o placar no primeiro tempo para a equipe de Zé Ricardo, mas Reinaldo empatou para os catarinenses na segunda etapa.

Com o resultado, o Vasco vai a 33 pontos na tabela do Brasileirão, e segue na nona colocação, mas pode cair dependendo dos resultados da rodada. Já a Chapecoense, que vinha embalada por duas vitórias seguidas, segue se recuperando e soma agora 32 pontos, na décima colocação.

Sonhando com uma vaga na Libertadores de 2018, o Vasco começou muito bem na partida. Mesmo jogando com um estádio vazio, o time da casa se impôs desde o início, enquanto a Chapecoense demorou a se encontrar em campo.

Com apenas um minuto de bola rolando, o Vasco já chegou com perigo. Após boa troca de passe pela direita do ataque, Wellington recebeu de Nenê na área e tocou de primeira para a entrada de Pikachu. O meia acertou o chute mas o goleiro Jandrei saiu bem do gol e tocou para escanteio.

Na cobrança, a bola ficou viva na área e sobrou para Andrés Rios, que bateu de primeira mas errou o gol e mandou pela linha de fundo.

Controlando as ações em campo, o Vasco chegou bem novamente aos 8. Nenê tocou para Matheus Vidal, que fez belo lançamento pelo meio para Wellington na altura da meia lua da área. O volante dominou e chutou de canhota, mas a bola foi para fora.

A Chape se ajustou melhor em campo a partir dos 15 minutos, e melhorou a marcação. Aos 23, Jandrei, da sua área, lançou Arthur em velocidade. O atacante entrava sozinho, mas Martín Silva se antecipou e cortou o contra-ataque.

Na resposta cruz-maltina, saiu o gol. Wellington recebeu no meio e lançou Madson na ponta direita. O lateral Reinaldo cortou mal e acabou deixando Madson livre para cruzar rasteiro e achar Andrés Ríos do outro lado. O atacante só teve o trabalho de tocar para a rede e marcou seu primeiro gol com a camisa do Vasco.

A Chapecoense sentiu o golpe e o Vasco continuou atacando em busca do segundo gol. Aos 32, Madson recebe em profundidade e cruza pelo alto. Pikachu acerta a cabeçada do meio da área mas Jandrei se estica e espalma para escanteio. No minuto seguinte, Matheus Vital fez boa jogada pela direita e cruzou no segundo pau. Jean subiu bem e cabeceou na rede pelo lado de fora.

Na volta dos vestiários, a Chape retornou com uma alteração. Elicarlos saiu para a entrada de Dodô. A mudança melhorou a postura da equipe em campo. Já o Vasco voltou com o mesmo ímpeto da primeira etapa, mas a defesa continuava aberta, especialmente pelos lados do campo.

A Chapecoense marcava melhor no segundo tempo, e começou a levar mais perigo. Aos 17, Reinaldo cobrou falta no bico da área pela direita, rolou para Dodô ir à linha de fundo e cruzar. Martín Silva defendeu e a zaga tirou da área. Apodi escorou o rebote e deixou para Reinaldo acertar um balaço. A bola raspou no travessão e saiu pela linha de fundo.

O mesmo Reinaldo recebeu lateral pela esquerda do ataque aos 19, avançou em direção da área, viu o goleiro adiantado e tocou por cobertura para marcar um golaço.

Enquanto a Chape manteve a postura conservadora, já que um empate fora de casa não seria um mau negócio, o Vasco tentava de qualquer maneira o gol da vitória, mas ficaram no empate: 1 a 1.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top