Assine o fluminense

Vitória amarga em S. Januário

Vasco luta, vence a LDU por 1 a 0, mas não consegue reverter derrota de Quito e é eliminado na Sul-Americana

Thiago Galhardo foi um dos melhores jogadores do Vasco na partida. Ele foi o autor do único gol contra a LDU. No total, o Vasco finalizou 36 vezes

Rafael Ribeiro/Vasco

Depois da decepção causada pela saída precoce da Copa do Brasil, o Vasco também foi eliminado da Copa Sul-Americana. Em partida disputada na noite desta quinta-feira, em São Januário, a equipe cruz-maltina derrotou a LDU por 1 a 0, mas não conseguiu eliminar o time equatoriano que venceu o jogo de ida por 3 a 1 e garantiu a vaga.

O único gol da partida foi marcado por Thiago Galhardo aos 40 minutos do segundo tempo. Agora, a LDU vai enfrentar o Deportivo Cáli, da Colômbia, pelas oitavas de final da competição.

Pelo que produziu em campo, o Vasco até merecia um resultado melhor. O time dirigido por Jorginho dominou a maior parte do jogo e criou inúmeras chances para marcar. Algumas desperdiçadas pelos seus jogadores, outras acabaram nas mãos do goleiro Gabbarini, o melhor jogador da LDU. A equipe do Equador foi armado para defender a boa vantagem alcançada em Quito e alcançou o seu objetivo.

Apoiado por uma torcida entusiasmada, o Vasco partiu para cima da LDU. Antes do primeiro minuto, Thiago Galhardo já tinha dado uma “caneta” num adversário e cruzado para a conclusão de Giovanni Augusto, mas a bola saiu. Logo depois, após cruzamento de Yago Pikachu, Andrei cabeceou com perigo.

A resposta da LDU foi imediata e assustou a torcida carioca. A bola foi levantada na área e Anangonó se antecipou a Henriquez e cabeceou forte. A bola tirou tinta da trave esquerda defendida de Martín Silva que apenas torceu para a bola sair.

O Vasco voltou a pressionar e aos seis minutos, Andrés Rios arriscou de longe e Gabbarini espalmou, mas o rebote foi apanhado por Salaberry que afastou o perigo.

Aos 32 minutos, Thiago Galhardo recebeu na área, se livrou da marcação e chutou, mas Gabbarini salvou com os pés. Na sequência, Martín Silva precisou sair do gol para evitar que Guerrero chegasse primeiro na bola. O Vasco voltou para o segundo tempo com o zagueiro Ricardo no lugar de Breno que se lesionou. 

Aos 27 minutos, Thiago Galhardo bateu colocado e a bola passou tirando tinta do travessão equatoriano. Logo depois, Gabbarini espalmou a cobrança de falta executada por Andrey. Na cobrança do escanteio, Caio Monteiro tocou e a bola desviou na zaga antes de sair novamente para escanteio.

Apenas aos 40 minutos, o Vasco marcou o primeiro gol. Pikachu recebeu na área, tocou para Andrés Rios que recuou para Thiago Galhardo bater colocado e colocar nas redes.

O estádio virou um caldeirão e o Vasco partiu para tentar o segundo gol que garantiria a classificação. Aos 47, depois de jogada confusa na área, Andrés Rios bateu e a bola saiu, para desespero dos carioca

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top