Assine o fluminense

Vitória suada do Vasco em São Januário

Pela Copa do Brasil, Cruz-Maltino ganha o Avaí por 3 a 2 no jogo de ida

Jogadores do vasco comemoram o gol de Thiago Galhardo

Rafael Ribeiro/Vasco

Em partida movimentada nesta quinta-feira, o Vasco venceu por 3 a 2 o Avaí, em São Januário, no confronto de ida pela terceira fase da Copa do Brasil. Com o resultado, os cruzmaltinos jogam pelo empate no duelo da volta, em Santa Catarina.

O Avaí surpreendeu no início e abriu o placar com Pedro Castro. O Vasco conseguiu empatar ainda no primeiro tempo, com Danilo Barcelos. Na etapa final, os donos da casa ampliaram com Rossi e Thiago Galhardo. Os catarinenses ainda diminuíram o prejuízo e descontaram com André Moritz.

O confronto de volta vai acontecer no dia 10 de abril, na Ressacada. Com não existe mais o gol qualificado, uma vitória por um gol de diferença do Avaí levará o duelo para os pênaltis.

O Vasco começou a partida tentando pressionar, mas tinha dificuldade em criar boas jogadas. O Avaí não se intimidou e abriu o placar aos 10 minutos. Getúlio aproveitou cruzamento e cabeceou na trave. No rebote, Pedro castro chutou para a rede.

O Vasco já dominavam o confronto e rondavam a área catarinense. Aos 34 minutos, Danilo Barcelos chutou próximo ao gol. No lance seguinte, os cariocas chegaram ao empate. Danilo Barcelos cobrou falta na área, Matheus Barbosa tentou fazer o corte e desviou para o gol.

No segundo tempo, o Vasco voltou com uma formação mais ofensiva, com as entradas de Bruno Cesar e Rossi. Só que assim na etapa inicial, os cruzmaltinos tinham dificuldade em passar pela retranca do Avaí. Os catarinenses tentavam avançar nos contra-ataque, sem sucesso.
Na primeira boa jogada criada, aos 11 minutos, os vascaínos chegaram a virada em São Januário. Rossi aproveitou cruzamento de Danilo Barcelos e cabeceou sem chance para Gledson.

De tanto insistir, os donos da casa chegaram ao terceiro gol aos 26 minutos. Em cobrança de escanteio, Thiago Galhardo desviou de cabeça e viu a bola bater na trave. Só que o meia pegou o rebote e colocou para a rede.

O Avaí também foi recompensado pela insistência e diminuiu a desvantagem aos 39 minutos. Depois de boa troca de passes, André Moritz recebeu passe na área e chutou no canto, sem chance para Fernando Miguel.

O revés fez a torcida eleger um culpado e hostilizou o técnico Alberto Valentim, que pouco minutos antes tirou Thiago Galhardo para colocar Andrey. Nos minutos finais, o duelo ficou aberto, mas nenhuma das equipes foi capaz de criar boa jogada. Assim, o Vasco saiu de campo com a vantagem para o duelo de volta.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top