Assine o fluminense

Wenger dá adeus ao Arsenal após 22 anos

Na manhã desta sexta-feira (20) o Arsenal publicou, em seu site oficial, uma carta de despedida de seu técnico Arsene Wenger, há 22 anos no comando da equipe. No comunicado, ele agradece a todos do clube e também torcedores, e indica que encerrará seu ciclo na equipe no fim da temporada. Alguns jornais europeus já apontam possíveis substitutos.

“Depois de uma análise cuidadosa e uma série de conversas, sinto que o final da temporada é o momento certo para deixar o clube. Sou grato por ter tido o privilégio de servi-lo e por tantos anos memoráveis gerindo-o com integridade e comprometimento”, diz o início da nota.

Após a publicação do comunicado, alguns jornais europeus começaram a listar uma série de candidatos ao cargo. O jornal britânico Daily Mail aponta Thomas Tuchel, cotado para assumir o PSG, ou Patrick Vieira, enquanto o espanhol As fala de Luis Enrique, ex-Barcelona, Rafa Benítez ou Mikel Arteta.

Arsene Wenger comandou o Arsenal por 22 anos. Nesse período, conquistou três títulos do Campeonato Inglês e sete Copas da Inglaterra. 

Nos últimos anos, porém, vinha sendo muito criticado, principalmente pela ausência na Liga dos Campeões na temporada passada, fato próximo de se repetir neste ano. 

Na Liga Europa, sua única chance de conseguir uma vaga para a Champions, enfrentará o Atlético de Madrid nas semifinais, no dia 26 de abril.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top