Assine o fluminense

Centro oferece vantagens e bons preços para moradia

Jovens compõem novo perfil de interessados em residir no bairro, devido à posição estratégica e transportes

A psicóloga Ana Carolina Ormond mora há sete anos no Centro de Niterói e está satisfeita, mas sugere algumas melhorias

Foto: Douglas Macedo

Morar em regiões centrais é um estilo de vida que já é praticado com muito sucesso em diversas cidades do mundo, uma vez que, usualmente, tratam-se de áreas que já possuem uma infraestrutura bem sedimentada de transporte, comércio e serviços. Com custo de vida mais acessível e preços atrativos tanto para compra quanto para locação, no caso de Niterói, os investimentos em melhorias no Centro têm direcionado cada vez mais a cidade para esse estilo de vida, atraindo cada vez mais novos moradores para a localidade. “O bairro, que já dispunha de uma estrutura comercial consolidada, com uma enorme variedade de lojas e serviços, e conta agora, com a atual administração da cidade, com uma renovação em andamento, e por isso, já pode ser considerado uma excelente alternativa de moradia para famílias que desejam viver em um local com acesso fácil ao comércio, cultura e lazer, além de dispor da comodidade de estar próximo das principais vias de acesso”, afirma Naum Ryfer, diretor da construtora Pinto de Almeida.

Já contando com a boa localização, as unidades lançadas na região priorizam também a qualidade de vida, oferecendo quase sempre uma boa área de lazer.  Basicamente, são apartamentos de dois quartos, com suíte, varanda e acabamento no mesmo padrão utilizado das zonas nobres da cidade, destaca Ryfer. Segundo ele, hoje a demanda por imóveis no bairro é predominante de jovens que estão à procura das boas oportunidades no mercado, uma vez que os investimentos têm alavancado a valorização da região. “Por Niterói ser uma cidade com uma grande população de estudantes, principalmente universitários, atraídos pelas ótimas faculdades que estão instaladas na cidade, exatamente no centro da cidade, existe uma carência de acomodações para essa população universitária. Jovens de vários locais que buscam a comodidade de morar na cidade para estudarem, que querem contar com uma boa mobilidade. Além disso, existem também as pessoas que querem sair do aluguel e investir na casa própria e encontram hoje no bairro excelentes opções”, ressalta Naum.

Vantagens – Qualidade de vida e um custo de vida mais acessível foram justamente as principais vantagens de sair da Zona Sul e morar no Centro para a estudante de jornalismo Elisa Calmon, de 22 anos. Há seis meses vivendo no bairro, ela afirma que conta com vantagens importantes na nova residência. “Além de estar mais perto da UFF (Universidade Federal Fluminense), onde estudo, estou mais perto do Rio, onde trabalho, no centro. Antes eu precisava pegar um ônibus além da barca, e agora eu não pego mais ônibus nenhum. Posso ir andando até a estação. Além disso, o custo de vida é muito menor aqui do que na Zona Sul. O preço que pago em um apartamento de dois quartos era o mesmo que pagava em uma quitinete. Sem falar nos preços do comércio em geral. Tudo é mais barato”, elogia a estudante.   

Mercado – O histórico dos lançamentos que aconteceram no Centro, nos últimos  cinco anos, é de extremo sucesso. De acordo diretor-geral da Brasil Brokers Niterói, Bruno Serpa Pinto, são imóveis com excelente liquidez. Segundo ele, hoje, dos novos lançamentos no bairro, existe em torno de apenas 100 unidades disponíveis para compra. “Outro perfil de pessoas que buscam por esses imóveis é de pessoas que já residem no próprio bairro ou nas proximidades, como a Ponta da Areia e Ilha da Conceição, ou migrando de outros bairros em busca, principalmente, de uma melhor mobilidade, uma vez que o bairro conta com a proximidade da barcas, com a Ponte e com vias que dão acesso a outros municípios”.

Em função da revitalização do centro, segundo Serpa Pinto, certamente, em pouco tempo, o Centro vai ser visto como um bairro rejuvenescido. Com um custo, por enquanto, bem mais barato que Icaraí, Jardim Icaraí e Santa Rosa, a localidade ainda dispõe do privilégio de ser ao mesmo tempo um pólo de educação, turismo, lazer e cultura. “Além disso, o Centro está de acordo com a nova regra de ocupação, que mistura comércio e moradias, proporcionando mais segurança,  comodidade, entre outras vantagens. Sem dúvida, é um bairro para um tipo de morador que busca praticidade”, conclui Serpa Pinto. 

Há sete anos residindo no bairro, a psicóloga Ana Carolina Ormond aponta qualidades mas também aspectos que precisam ser melhorados. “Vim do subúrbio do Rio de Janeiro e senti um impacto imenso de morar no Centro de Niterói em relação ao acesso à cultura e lazer. É um bairro onde você tem acesso a qualquer lugar. Tem transporte para qualquer destino. Mas, como moradora, acho que a segurança precisa ser reforçada .Também sinto falta de mais infraestrutura para os ciclistas. Apesar de tudo que já foi feito, ainda pode melhorar”, acredita Ana Carolina.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top