Assine o fluminense
Bruno Serpa Pinto

O presidente da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Niterói fala sobre o mercado de imóveis na cidade

Passos para o futuro

Leis claras e objetivas devem definir os princípios do bem comum na sociedade. Atender a questões contemporâneas, como mobilidade, preservação ambiental e uso inteligente dos espaços, são demandas importantes no século XXI. No centro dos esforços para fazermos de Niterói ainda melhor está o Plano Diretor, instrumento básico da política de desenvolvimento urbano, que teve sua última audiência pública nesta semana na Câmara dos Vereadores.

O processo participativo da revisão do documento foi iniciado em outubro de 2015. Através de audiências públicas, os diversos segmentos da sociedade contribuíram para a elaboração da cidade que desejam. Consolidando, assim, a participação da população e do setor privado como elementos fundamentais e indissociáveis a esse processo democrático e horizontal de renovação de Niterói. Agora, chegou a hora de colocá-lo em ação.

Após analisar todas as possibilidades e ouvir opiniões, nossos representantes têm a árdua tarefa de fazer um balanço das principais demandas de todos os setores e equilibrar a satisfação dessas reivindicações.

Será difícil agradar a todos. Sempre em um processo democrático de construção de consenso existem concessões para que o todo seja viabilizado, pois cada um de nós teria seu modelo de reformas. O importante, neste momento fundamental para a cidade, é trabalharmos em prol de Niterói e continuar as discussões legislativas.

O futuro para Niterói

A ordenação do espaço urbano há muito é uma urgência de Niterói. Organizar as cidades de forma harmoniosa, sustentável e responsável é um dever das lideranças. Um ambiente planejado significa um grande salto na qualidade de vida dos habitantes, com distribuição equilibrada de moradias e equipamentos de uso público e condições ambientais que assegurem a saúde de todos.

Hoje, já somos uma das cidades com maior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do país, mas ainda podemos muito mais. A ADEMI-Niterói acredita no potencial da cidade e trabalha para que seja, cada vez mais, uma potência nesse cenário de transformações.

Esperamos que o novo Plano possa trazer melhorias e colocar a cidade no caminho do desenvolvimento responsável. Já começamos a definir o cenário que desejamos para nós e para as futuras gerações.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top