Assine o fluminense

PF desarticula esquema de desvio de recursos de merenda na Baixada

Policiais federais cumprem mandados no Rio de Janeiro, Niterói e Duque de Caxias.

A Polícia Federal deflagra nesta sexta-feira (6), a Operação Inópia com o objetivo de desarticular um esquema criminoso constituído a partir da formação de um cartel de empresas do ramo alimentício e de serviços para desviar recursos públicos principalmente destinados à merenda escolar para vários municípios do estado do Rio de Janeiro, em especial na Baixada Fluminense.

Cerca de 165 policiais federais cumprem 21 mandados de prisão temporária e 30 mandados de busca e apreensão no Rio de Janeiro, Niterói e Duque de Caxias. As investigações da PF, realizadas em conjunto com CGU, CADE, Receita Federal e MPF, em modelo de força-tarefa, identificaram diversos procedimentos licitatórios viciados, com evidências de direcionamento dos certames, superfaturamento, corrupção, além da constatação de utilização de empresas constituídas em nome de “laranjas”, blindagem patrimonial e lavagem de dinheiro.

Os presos serão indiciados por formação de cartel (art. 4, I da Lei 8.137/90), crime de licitações (art. 90 da Lei 8.666/90) e corrupção ativa (art. 333 do CPB), dentre outros. Após os procedimentos de praxe, eles serão encaminhados ao sistema prisional do estado, onde permanecerão à disposição da Justiça.

A PF não divulga nome e imagem de presos. A identificação de empresas investigadas, seus sócios e de terceiros implicados, permanecem em sigilo por determinação judicial.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top