Assine o fluminense

Grande Rio vira a página


Escola de Caxias falou sobre o "jeitinho brasileiro"

Juliana Paes, rainha de bateria da Grande Rio, empolgou o público

Foto: Evelen Gouvêa

Após escapar de um rebaixamento no ano passado, a Grande Rio entrou na Avenida depois da representante niteroiense, a Unidos do Viradouro, com o objetivo de virar a página neste carnaval. Popular entre os presentes na arquibancada, a escola trouxe o enredo “Quem nunca…? Que atire a primeira pedra!”.

Dos carnavalescos Renato Lage e Márcia Lage, o enredo fez uma crítica e propôs uma reflexão sobre o famoso “jeitinho” e maus hábitos comuns nos brasileiros. As alegorias representam também a falta de educação no dia a dia.

A Comissão de Frente impressionou na Sapucaí, fazendo uma relação entre o Profeta Moisés com a internet, atualizando a história. Drones botaram os Emojis para voar, mostrando o Moisés conectado. Dez pilotos controlavam os equipamentos de perto.

As redes sociais e o trânsito são lembrados entre os pontos de desrespeito, refletindo sobre as Fake News e os Haters, os internautas que usam a rede para o ódio. Uma das alas trouxe o chiclete, no questionamento “quem nunca colou o chiclete embaixo da mesa?”, outra sobre população. A escola encerrou seu desfile ressaltando o anseio de renovação dos hábitos.

A Grande Rio enfrentou problemas na dispersão. Três carros estavam no local, dificultando a saída do restante da escola. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top