Assine o fluminense

Passista do Salgueiro assume posto de rainha de bateria na Acadêmicos do Sossego



Maryanne Hipólito desfila na Sapucaí desde os 6 anos de idade

Foto: Divulgação

Desfilando na Marquês de Sapucaí desde os 6 anos de idade,  a passista da Acadêmicos do Salgueiro, Maryanne Hipólito,  alcançou o concorrido posto de rainha de bateria do carnaval carioca com apenas 19 anos. É que no próximo ano ela sai a frente dos ritmistas do Mestre Átila da Acadêmicos do Sossego, escola de samba do Largo da Batalha, em Niterói. 

O reinado foi comemorado com alegria pela mulata que promete causar a frente do segmento mais importante da escola. "A minha história de vida está atrelada a Sossego. É com uma alegria imensa que assumo o posto de rainha. Vim pra somar e prometo representar a escola à altura. Quando fui rainha do carnaval de Niterói, superei diversos medos que eu tinha mas agora o desafio é maior. Estou disposta a dar tudo de mim. Com ensaios e muita dedicação, vou tirar de letra", conta a rainha.

A relação da Mary com a Sossego é antiga. Cria do carnaval, pode se dizer que a dançarina nasceu em uma escola de samba. Isso porque seus pais se conheceram na quadra da agremiação. Sua mãe, a enfermeira Aline Hipólito, 36 anos, era passista e seu pai, o motorista Aureo da Costa Neto, 39 anos era ritmista da escola.  Morando no bairro de Pendotiba até hoje, cresceu frequentando a quadra da escola no Largo da Batalha e agora, encara o local como um desafio em sua história com o carnaval. "Sempre identifiquei a Mary como a cara do samba de Niterói. Me Senti honrado dela aceitar nosso convite. Nossa escola mantêm a tradição de escola raiz, da comunidade, e ela tem esse perfil. Sempre frequentou a quadra respeitando as alas, sempre com carinho com todos. Ela é símbolo do samba em Niterói. Estamos cada vez buscando firmar nosso lugar entre as grandes escolas", explica o presidente da Acadêmicos da Sossego, Wallace Palhares. 

Seus pais se conheceram na quadra da Acadêmicos do Sossego onde ela frequenta desde muito nova também

Foto: Divulgação

O currículo carnavalesco da rainha é extenso e cheio de samba no pé para sua pouca idade. Sua estreia na maior festa da terra foi em 2004, quando desfilou pela Caprichosos de Pilares com o enredo com homenageava a rainha dos baixinhos, Xuxa Meneghel. Dali, migrou para  a Viradouro, onde permaneceu por três anos como passista na antiga escola mirim Virando Esperança, onde ganhou um estandarte de ouro por melhor Ala em 2007.  Em seguida, passou a desfilar na Acadêmicos do Cubango, onde passou pela transição de passista mirim para adulta e permaneceu por nove anos, três como musa. Paralelamente, entrou para Acadêmicos do Salgueiro, onde ensaia com o coordenador e coreógrafo da Academia do Samba, Carlos Borges, conhecido como Carlinhos Salgueiro. Ela foi ainda, eleita rainha do carnaval de Niterói em 2016.

A coroação da Maryanne Hipólito acontece no dia 12 de agosto. A Acadêmicos do Sossego, escola do grupo A, será a terceira escola a desfilar na sexta-feira de carnaval, no dia 9 de fevereiro.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top