Assine o fluminense

Ação combate venda ilegal de cigarros

Uma operação conjunta da Guarda Municipal com a Delegacia de Polícia Federal de Niterói levou a apreensão de 2.250 maços de cigarros e na prisão de dois homens. Batizada de “Operação Presente”, a ação teve como objetivo coibir o comércio ilegal de cigarros na cidade.

“A Delegacia de Polícia Federal e a Guarda Municipal de Niterói têm trabalhado integradas em várias ações. As prisões e apreensões realizadas nesta quinta-feira (18) são a materialização dessa integração”, explica o secretário municipal de Ordem Pública, Gilson Chagas.

Segundo o secretário, o comércio de cigarros contrabandeados é uma modalidade criminosa presente nas grandes cidades, normalmente com a participação de ambulantes irregulares na comercialização.
“Em Niterói, com a integração entre as forças de segurança, esses criminosos são combatidos com inteligência e determinação”, afirma Chagas.
A 2ª Vara Federal de Niterói expediu dois mandados de prisão temporária contra integrantes da organização criminosa, que controlava a venda de cigarros ilegais no comércio informal da cidade.

Além de controlar a distribuição de cigarros em Niterói, o grupo coagia e ameaçava comerciantes locais para que não vendessem outras marcas que não fossem as fornecidas por ele, além de estipular um preço mínimo.

Também foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão, sendo um deles num depósito da quadrilha, localizado no Centro de Niterói.
No endereço residencial de um dos investigados foram apreendidos cerca de R$ 7 mil, além de camisa com identificação “Polícia”, colete tático, placas balísticas e uma pistola de airsoft, usada para intimidar os comerciantes.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top