Assine o fluminense

Apontado como chefe do tráfico é preso no Cavalão

Fuzil foi apreendido. PM foi baleado durante manhã de intenso confronto na comunidade

Confronto entre policiais militares e traficantes de drogas assustou quem passava pelas ruas da Zona Sul

Lucas Benevides

Um policial militar e um acusado de tráfico foram baleados na manhã desta terça-feira (4) durante uma operação do 12º BPM (Niterói) no Morro do Cavalão, divisa entre Icaraí e São Francisco, na Zona Sul de Niterói, que assustou populares e interditou o Túnel Raul Veiga, devido ao risco de balas perdidas. A ação, que segundo a PM tinha como objetivo reprimir quadrilhas de roubos de carros e o tráfico de drogas, ocorreu após uma madrugada de vários roubos a veículos na Zona Sul da cidade.

O sargento PM Araújo foi atingido no ombro por um tiro de fuzil calibre 556. O projetil perfurou o colete do policial, que foi socorrido por colegas de farda e levado para um hospital particular no Centro.

O comandante do 12º BPM, tenente-coronel Sylvio Guerra, informou que ele passou por exames e não corre risco de morte, seu estado de saúde é estável.

O tiroteio ocorreu por volta das 11h. Segundo testemunhas, quem estava no meio da rua teve que correr para buscar abrigo e se proteger do fogo cruzado. Moradores de Icaraí, Santa Rosa e São Francisco usaram as redes sociais para relatar o pânico com o barulho de tiros.

Muitos disseram que ficaram abaixados em suas residências com medo de balas perdidas. Imagens divulgadas nas redes sociais mostraram o momento do tiroteio na comunidade e o pânico vivido pelas pessoas que estavam nas ruas.

“Todo dia acontece tiroteio em Niterói. Preciso me esconder dentro da minha própria casa. Está cada vez mais assustador”, relatou uma internauta, moradora de Icaraí.

O acusado de tráfico baleado na operação é conhecido pelo apelido de “Goelão” e apontado pela polícia como um dos chefes do tráfico de drogas no Cavalão. Ele está internado sob custódia no Hospital Estadual Azevedo Lima (Heal), no Fonseca, para onde foi levado. A Polícia Militar informou que ele estava armado com o fuzil de onde partiu o disparo que atingiu o sargento. A PM apreendeu cerca de 5 mil pinos de cocaína. O material apreendido está avaliado em R$ 300 mil. Apesar da operação ter ocorrido horas após vários roubos de carros, o comandante do Batalhão de Niterói disse que ela já estava previamente programada.

A plataforma Fogo Cruzado informou que 109 agentes de segurança já foram baleados na Região Metropolitana do Rio em 2019. Destes, 20 não resistiram e morreram. 

Fuzil foi apreendido com homem apontado pela PM como chefe do tráfico de drogas do Morro do Cavalão

Divulgação PM

Bandidos atacaram motoristas de madrugada

Entre a noite de segunda-feira (3) e a madrugada de terça (4), ocorrências de roubo de carro foram registradas na Zona Sul de Niterói. Por volta de 23h, um Fiat Toro foi roubado no Ingá. Cerca de 30 minutos depois, policiais do 12º BPM avistaram o veículo na Alameda São Boaventura, no Fonseca, bairro da Zona Norte da cidade. Foi dada a ordem de parada, mas os criminosos fugiram em direção à Comunidade do Boa Vista.

Os militares solicitaram reforço e montaram um cerco em uma das saídas da comunidade e viram novamente o carro, que estava descendo o morro com suas luzes apagadas. Um dos bandidos desceu do veículo para observar a ação dos policiais, quando recebeu nova ordem de parada.

Os criminosos tentaram, novamente, fugir com o carro, dessa vez em marcha à ré. No entanto, o veículo acabou se chocando com outros automóveis. Outros três membros do bando saíram da Fiat Toro e escaparam a pé para dentro da comunidade. Apenas o primeiro bandido a deixar o carro acabou preso.

O automóvel foi recuperado, além de um simulacro de pistola deixado pelos criminosos que fugiram.

O material foi levado à 76ª DP (Centro), onde o caso foi registrado.

Pouco tempo mais tarde, por volta de 0h30, dois criminosos em uma moto roubaram o Hyundai HB20 de uma dupla de amigos em São Francisco. O crime aconteceu na esquina das Ruas Timbiras e Tupinambás, quando um deles deixava o outro na porta de casa. Celulares das vítimas também foram levados. O caso foi registrado na 79ª DP (Jurujuba).

Já às 2h30, homens em um carro assaltaram um casal que estava em um automóvel que passava pelo Rua General Pereira da Silva. A abordagem aconteceu entre as ruas Tavares de Macedo e Coronel Moreira César. Os bandidos, armados, levaram vários pertences das vítimas, incluindo as chaves do veículo.

De acordo com testemunhas, a mulher que foi roubada chegou a pedir para que os assaltantes devolvessem os documentos e a chave do veículo. Um dos integrantes do bando teria dito que jogaria no chão metros à frente. No entanto, a vítima nada encontrou.

O caso foi registrado pela 77ª DP (Icaraí), que está tentando localizar e identificar os criminosos. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top