Assine o fluminense

Bandido não poupa nem crianças em Charitas

Vítimas são atacadas pelo criminoso armado em movimentada rua do bairro

 

Câmeras de segurança registraram o momento em que um criminoso armado ataca um casal com duas crianças em carrinhos de bebê na Rua Madre Maria Victória, em Charitas, na Zona Sul de Niterói. O crime aconteceu na manhã desta quinta-feira (5), e por pouco não terminou em tragédia. O bandido desceu de um carro e abordou o pai das crianças pelas costas. Ele se assustou, e teria ameaçado reagir, mas se conteve ao ver a arma do criminoso apontada para a sua cabeça. Durante o assalto, a mãe tenta tirar as crianças do campo de visão do bandido, que não se intimida com a rua movimentada. 

A ocorrência foi registrada na 79ª DP (Jurujuba). De acordo com a delegada titular Helen Sardenberg, o bandido foi identificado. Ele seria da comunidade do Viradouro, em Santa Rosa, na Zona Sul da cidade. Segundo o 12º BPM (Niterói), o patrulhamento em Charitas foi reforçado.

O crime aconteceu por volta de 10h30, quando o criminoso desceu de um Honda HR-V branco e surpreendeu o pai das crianças, que arrumava uma delas no carrinho de bebê. Nas imagens gravadas é possível ver quando ele levanta a camisa após ameaçar reagir, para mostrar que não está armado, enquanto toda a família permanece sob a mira da arma. 

A vítima retira do pescoço um cordão e entrega ao criminoso, que volta para o carro onde um comparsa o aguardava. O veículo segue em alta velocidade pela contramão.

Logo depois, é possível ver nas imagens que o pai das crianças se abaixa e pega um objeto do chão, que, de acordo com a delegada, se tratava de uma munição que caiu da arma do bandido. 

Na delegacia, o pai das crianças contou que, ao anunciar o assalto, o bandido ordenou que ele entregasse o cordão, caso contrário iria atirar. As vítimas, que moram próximo do local do assalto, não quiseram comentar o caso. 

Um comerciante que testemunhou o assalto disse que os crimes são frequentes no local. 

“Eu estava na varanda de casa, falando ao telefone e me preparando para descer, quando vi o acontecido. Poderia ter sido eu com as minhas filhas. Nós chegamos em casa com medo e saímos com medo. A gente gostaria que houvesse mais policiamento na nossa região porque os assaltos estão acontecendo a qualquer hora do dia. Tenho vários amigos que moram aqui e muitos já foram assaltados. Nós sabemos que a violência está alta em todos os lugares, mas em Charitas está muito complicado e saiu do controle. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Cacique Arariboia
Como a justiça é fraca, este assaltante, se preso, vai ficar uns dias num presídio, fazendo pós-graduação. Quando libertado, vai voltar pras ruas, bem armado e com mais experiência. Esse assaltante, só mesmo morto, vai melhorar.
Vote up!
Vote down!

: 0

You voted ‘up’

Veja também

Scroll To Top