Assine o fluminense

BR-101: desespero durante arrastão

Pessoas no meio do fogo cruzado abandonam veículos para buscar abrigo durante tiroteio entre assaltantes e policiais

Motoristas e passageiros viveram mais um momento de pânico na Rodovia BR-101 (Niterói-Manilha) na tarde desta sexta-feira. Criminosos armados promoveram um arrastão na altura do Jardim Catarina, em São Gonçalo. Houve troca de tiros com PMs e, no meio do fogo cruzado, pessoas abandonaram os veículos para se abrigar atrás da lataria.

Um vídeo que circula na internet mostra o momento de desespero de uma mulher em busca de abrigo com uma criança. 

“Meu Deus do Céu, estamos abandonados nas mãos desses bandidos. Em plena luz do dia homens armados assaltando todo mundo que passa pela Niterói-Manilha. Onde vamos parar, Senhor?”, postou uma vítima nas redes sociais. 

O arrastão ocorreu por volta das 16h30, na pista sentido Itaboraí, em horário era de grande movimentação na rodovia. A PM informou que foi acionada por motoristas que retornavam na contramão. Com a chegada dos policiais houve o intenso confronto. Ainda segundo a polícia os assaltantes conseguiram fugir levando um carro roubado. 

Por volta das 17h30 a Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que não havia sido acionada para ocorrência de roubo na BR-101.

Carro é recuperado na Ponte

Um carro foi recuperado por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na noite de quinta-feira (30) em outro trecho da BR-101, na Ponte Rio-Niterói. O veículo havia sido roubado em 2015, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. 

Os policiais realizavam patrulhamento na via, por volta de 17h30, quando desconfiaram dos ocupantes do automóvel, um Fiat Palio branco, que trafegava na pista sentido Niterói, e decidiram fazer a abordagem. 

O motorista afirmou ser o proprietário do carro e apresentou um documento falsificado. Durante a averiguação, os policiais constataram que o veículo estava com a placa clonada e possuía registro de roubo, em Nova Iguaçu. 

Também foi constatado que o condutor tinha dois registros de prisão pelo crime de furto. Ele foi indiciado por uso de documento falso, adulteração veicular e receptação. O caso foi registrado na 76ª DP (Centro). 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top