Assine o fluminense

BR-101: situação da segurança é delicada, dizem autoridades

Trecho entre shopping e trevo de Manilha é considerado pela PRF como mais violento das rodovias do País

Procurador-geral de Justiça interino, Ricardo Ribeiro Martins, recebeu representantes da Polícia Rodoviária Federal (PRF)

Divulgação/MPRJ

Uma comissão formada por representantes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), entre eles o superintendente regional Rafael Pinto Alvim, o chefe da 2ª Delegacia de Polícia Rodoviária Federal, Marcos Antônio de Souza Prado, e o policial federal Francisco de Paulo Magalhães, reuniu-se com representantes do Ministério Público do Estado do Rio  de Janeiro (MPRJ) para relatar o que chamaram de “delicada” situação atual da segurança na Rodovia BR-101. Ladeado pelos Complexos do Salgueiro e do Jardim Catarina, em São Gonçalo, grandes comunidades que abrigam aproximadamente 1 milhão de habitantes, o trecho da rodovia entre o São Gonçalo Shopping e o trevo de Manilha é considerado pela PRF como o mais violento entre todas as rodovias do País. 

O grupo solicitou apoio ao MPRJ para que, como interlocutor com as forças de segurança pública no estado, reforce a necessidade da continuidade no apoio aos trabalhos de inteligência, patrulhamento e intervenções no trecho da rodovia. O procurador-geral de justiça interino, Ricardo Ribeiro Martins, colocou-se à disposição para levar as necessidades apresentadas pela PRF ao general Braga Netto, interventor federal; às chefias e comandos das polícias Civil e Militar do RJ; e ao governador eleito Wilson Witzel; a fim de que, juntas, as forças de segurança pública estudem quais medidas podem ser adotadas para contribuir na redução dos índices de violência na região. 

“O MPRJ vai acompanhar de perto, por meio de nossos promotores de justiça, a promoção das medidas necessárias para que a situação daquele trecho da BR-101 seja minorada, e assim traga maior segurança e tranquilidade para o cidadão fluminense”, afirmou o PGJ interino.

O encontro entre representantes da PRF e do MP ocorreu na última sexta-feira (16), na sede do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), no Centro, e também contou com a presença do procurador de Justiça Bruno Ferolla. A reunião estabeleceu maior aproximação entre as instituições e permitiu que a força policial apresentasse dados e informações detalhadas sobre a situação da segurança pública da rodovia BR-101 no trecho de cerca de 30 km entre São Gonçalo e o distrito de Manilha, em Itaboraí. 

Foram apresentadas, também, estatísticas comprovando que, com o devido ao reforço nas ações, como ocorreu durante as Olimpíadas em 2016 e na intervenção federal no RJ, os índices de roubos a veículos e apreensões de drogas e armamentos na BR-101 tiveram significativa redução. Os representantes da PRF reforçaram a importância da aplicação de medidas efetivas contra a escalada da violência, lançando mão de estratégias de inteligência, para que as quadrilhas que atuam naquelas comunidades sejam monitoradas, sufocadas, desarticuladas e, consequentemente, detidas.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top