Assine o fluminense

Cabos PM são acusados de extorsão contra traficantes

Segundo as investigações o grupo era liderado por um oficial lotado no batalhão da Praça da Harmonia

Policial Militar preso em Santa Teresa era lotado no Batalhão de São Gonçalo

Foto: Arquivo / Júlio Silva

Dois cabos da Polícia Militar foram presos em flagrante, na tarde de domingo (7), sob a acusação de extorsão a traficantes. De acordo com a polícia, os agentes fazem parte de um esquema liderado por um oficial da PM lotado no 5º BPM (Praça da Harmonia). O grupo era investigado pelas policias Civil e Militar. 

Os agentes, que são lotados no 7º BPM (São Gonçalo) e Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Andaraí, foram detidos no bairro Santa Teresa, após trocarem tiros com um traficante conhecido como Léo Bracinho, apontado como chefe do tráfico na comunidade do Pereirão, em Laranjeiras, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Na ação o traficante foi baleado e morto.

A polícia investiga se os policiais teriam tentado roubar uma quantia em dinheiro transportada por Léo Bracinho.

Ainda na troca de tiros um dos policiais acabou atingido na perna e foi levado para o Hospital Souza Aguiar, no Centro do Rio. Para a polícia os policiais contaram que sofreram uma tentativa de assalto e que teriam reagido.

Em nota a Secretaria de Estado de Polícia Militar disse que a ocorrência foi registrada na Delegacia de Homicídios da Capital (DH-Capital) e a Corregedoria da Polícia Militar acompanha o caso. O policial ferido foi transferido ao Hospital Central da Polícia Militar (HCPM), no Estácio, e o outro está preso na DH-Capital, na Barra da Tijuca. Além deles, dois policiais que estavam de serviço foram ouvidos nesta segunda-feira (8) pela 1ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar (1ªDPJM).

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top