Assine o fluminense

Chefe do tráfico oferece R$ 120 mil para não ser preso

Criminoso da comunidade do Buraco do Boi, no Barreto, foi detido em São Cristóvão, no Rio

Homem apontado como chefe do tráfico de drogas na favela Buraco do Boi, no Barreto, Zona Norte de Niterói, que estava foragido do sistema prisional após cumprir 12 anos de pena, foi preso na manhã desta segunda-feira (25) pela Secretaria de Estado de Polícia Civil (Sepol), por meio da 59ª DP (Duque de Caxias) e 62ª DP (Imbariê). Conhecido como Nem Rato, na comunidade do Tuiuti, em São Cristóvão, o criminoso vinha sendo investigado pelas distritais por integrar a organização criminosa que atua na Mangueirinha e Parada Angélica, em Duque de Caxias.

No momento da abordagem, Nem Rato apresentou uma identidade falsa e ofereceu R$ 120 mil para não ser preso. Ele estava com uma pistola calibre .40 com kit rajada, carregadores, aparelhos de telefone celular e cadernos com anotações, e vinha recebendo proteção de traficantes do Tuiuti, onde estava escondido, e também da Mangueira.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top