Assine o fluminense

Pânico e correria no shopping

Bandidos armados tentam roubar loja de telefonia e chegam a trocar tiros com a polícia no estacionamento

Suspeitos de participação no crime foram presos pela polícia

Foto: Marcelo Feitosa

Criminosos armados de pistola invadiram o Partage Shopping, no Centro de São Gonçalo, e causaram pânico e correria entre clientes e funcionários. O ataque aconteceu no final da manhã de ontem. Houve troca de tiros no estacionamento, mas ninguém ficou ferido. Três suspeitos foram presos, mas outros quatro conseguiram fugir. 

O shopping acabou fechado por cerca de 40 minutos e só retomou o funcionamento normal às 13h15. De acordo com a polícia, os criminosos, assim que invadiram o shopping, foram em direção à loja da Samsung, de telefonia celular. Eles renderem funcionários, no entanto, um deles conseguiu avisar os seguranças do shopping, que acionaram a polícia. Rapidamente os agentes chegaram ao local e conseguiram capturar dois suspeitos ainda dentro da loja. 

Um terceiro suspeito foi preso mais tarde, quando procurou a 72ª DP (Mutuá) para registrar queixa do roubo de sua motocicleta. Ele contou que estava no trânsito em frente ao shopping quando um bandido armado roubou sua moto. A polícia, no entanto, desconfiou da versão e confrontou imagens de câmeras de segurança, chegando à conclusão de que a motocicleta, na realidade, teria sido usada no ataque ao shopping e que ele estaria buscando um álibi.

A polícia conseguiu recuperar vários aparelhos celulares que haviam sido roubados no Partage Shopping, que chegou a ficar fechado por cerca de 40 minutos

Foto: Marcelo Feitosa

Os policiais militares recuperaram 30 aparelhos de telefone celular de última geração, duas capas de telefone e um Gear VR (óculos de realidade virtual). Os três presos foram identificados como Yuri Francesconi Farias da Cunha, de 22 anos, Gustavo da Silva de Souza, de 20 anos, e Jair da Conceição Junior, de 27 anos.

Correria – Durante o assalto, muitos clientes correram para lojas que arriaram as portas. Outros abandonaram o shopping às pressas. Durante cerca de 40 minutos, policiais vasculharam o shopping à procura de outros criminosos, mas não encontraram mais nenhum suspeito.

Muitos funcionários e clientes deixaram o shopping nervosos ou chorando e eram amparados por colegas e parentes que foram até o local. Uma funcionária de um quiosque contou que os bandidos passaram em frente à sua loja gritando para que todo mundo corresse, caso contrário, atiraria.

“Ficamos muito assustados com tudo. Nunca imaginei que isso pudesse acontecer. Até agora a ficha não caiu. Eles entraram correndo e todo mundo começou a gritar”, desabafou.

Em nota, a assessoria de imprensa do Partage Shopping informou que colabora com os órgãos competentes para a investigação do caso. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Elson Luiz
Parabéns a Polícia Militar e Civil!!!!
Vote up!
Vote down!

: 0

You voted ‘up’

Antonio Fellipe Bento
cana dura para essas tralhas, as leis, necessitam de mudanças com a mais extrema urgençia,
Vote up!
Vote down!

: 0

You voted ‘up’

Fernando O. dos Santos
Foi tempos em que frequentar shopping nos sentíamos mais seguros. São Gonçalo até a alguns anos atrás podíamos transitar com segurança e sem medo, inclusive nas madrugadas e hoje o que vemos é isto aí.
Vote up!
Vote down!

: 0

You voted ‘up’

Scroll To Top