Assine o fluminense

Delegacia de Icaraí elabora cartilha para alertar idosos contra golpes

De janeiro a outubro delegacia de Icaraí registrou 414 casos de estelionato, a maioria contra a terceira idade

Cartilha de Segurança para Idosos

 

Devido ao grande número de idosos vítimas de estelionato, policiais da 77ª DP (Icaraí) lançaram uma cartilha para a terceira idade com orientações sobre como se prevenir contra os principais golpes aplicados na praça. A cartilha online tem seis páginas e serão disponibilizadas em redes sociais para que familiares possam orientar os idosos sobre como não cair na conversa dos estelionatários. De janeiro a outubro deste ano foram registrados 414 casos de estelinonato apenas na distrital de Icaraí. Segundo a polícia, a maioria das vítimas são pessoas idosas.
 

Confira a íntegra da Cartilha de Segurança para Idosos

A cartilha foi produzida com base em estudos dos principais índices no tipo de delito de  crimes de estelionato. A partir de investigações da distrital, agentes decidiram abordar e explicar os tipos de golpes que vêm sendo registrados na unidade. Um dos mais conhecidos é a instalação do equipamento conhecido como “chupa-cabra” em terminais de auto-atendimento que retém o cartão da vítima. 

Segundo a polícia, esse é um tipo de golpe muito praticado nos finais de semana, quando as agências bancárias estão fechadas e a vítima não pode ser ajudada por funcionários do banco. 

De acordo com a delegada titular da unidade, Raissa Celles, a campanha tem como foco o bairro de Icaraí, justamente por ser um lugar onde os idosos têm um poder aquisitivo considerável e são alvos frequentes dos golpistas. 

“Eles acabam sendo um atrativo para esses grupos. Andam pelas ruas, são pessoas ativas, viram alvos fáceis”, explica a delegada, ressaltando que é preciso que as vítimas registrem essas ocorrências, para que os estelionatários sejam identificados e presos. “Nós temos um setor que atua de maneira eficaz nessas ações. Precisamos que as pessoas venham até a delegacia”, apela.

De acordo com o Estatuto do Idoso, a pena para o crime de estelionato, que é de 1 a 5 anos de prisão e multa, pode dobrar quando o crime é cometido contra maiores de 60 anos.

 

 
Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top