Assine o fluminense

Depois de um mês presa, mãe do Dr. Bumbum sai da cadeia

Prisão temporária da médica com registro cassado foi revogada

Mária de Fátima havia sido presa junto com o filho Denis Furtado

Foto: Divulgação/Polícia Militar

Maria de Fátima Furtado, mãe do médico Denis Furtado, conhecido como “Dr. Bumbum”, deixou a cadeia na manhã de sábado, após ficar presa por 30 dias acusada, assim como seu filho, de homicídio qualificado e associação criminosa em razão da morte da bancária Lilian Calixto. 

O boletim médico de Lilian informa que a bancária chegou ao hospital, horas depois do procedimento estético, com falta de ar, taquicardia e pele azulada.

A mãe de Denis teve o registro médico cassado em janeiro de 2015 por ter cometido, segundo o Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio (Cremerj), diversas infrações, como propaganda enganosa e realização de método ou técnica que não são aceitos pela comunidade científica.

Maria de Fátima teve prisão temporária revogada pela juíza Viviane Ramos de Faria, da 1ª Vara Criminal da Capital. 

A juíza também determinou que, além de Maria de Fátima, a namorada de Denis, Renata Cirne, e sua assistente, Rosilene Pereira, cumpram medidas cautelares como não frequentar a clínica onde foi realizada a operação de Lilian, não se ausentar do Rio de Janeiro e comparecer mensalmente à vara. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top