Assine o fluminense

DH investiga assassinatos em Maricá e Itaboraí

Em Maricá, homem foi morto a tiros em um bar após se envolver em uma discussão

Corpo foi encontrado em uma estrada de chão no bairro de Areal, em Itaboraí

Divulgação

Dois episódios de violência marcaram, neste sábado (11), o Leste Fluminense. Um homem foi morto em um bar no bairro de Inõa, em Maricá, durante a madrugada, e um jovem foi assassinado no Areal, em Itaboraí, horas depois, no início da manhã. Os dois casos estão sendo investigados pela Divisão de Homicídios (DH) de Niterói.

Em Maricá, um homem não identificado entrou em um bar, por volta das 5h da manhã, portando um revólver, e abriu fogo contra outro homem, que estava sentado em uma das mesas e até o fechamento desta edição ainda não havia sido identificado.

Segundo testemunhas, é possível que o motivo do crime tenha sido uma desavença entre os dois, no mesmo bar, mais cedo. 

Testemunhas afirmam que a vítima e o suspeito, horas antes do ocorrido, se envolveram em uma briga no mesmo bar, que não chegou às vias de fato, mas contou com troca de ofensas. Após a confusão, um dos envolvidos teria afirmado que iria em casa e retornaria para acertar as contas. Horas depois, ele chegou a pé ao estabelecimento, efetuou os disparos e fugiu.

Os policiais que investigam o caso trabalham para identificar a vítima, mas ainda não têm pistas sobre o autor dos disparos e seu paradeiro.

Em Itaboraí, João Lucas da Silva, de 26 anos, que seguia de moto na região do Areal, foi executado com quatro tiros na cabeça. Segundo a família, ele trabalhava como entregador e utilizava uma motocicleta emprestada por um amigo. 

A DH de Niterói está  investigando o motivo da execução e trabalha para identificar o autor do crime. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top