Assine o fluminense

Empresários acusados de fraude com imóveis

O empresário Fernando Trabach Gomes e o filho dele, Fernando Trabach Gomes Filho, foram presos durante a deflagração da Operação Mercado de Ilusões, realizada nesta sexta-feira (24) pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e da Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI), integrantes do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ). Ainda na operação foram cumpridos mandados de prisão contra a mulher do empresário, Mônica Lima Barbosa, e contra Henrique Itamar Schmidt, entre outros.

Também foram cumpridos 22 mandados de busca e apreensão em endereços residenciais e escritórios de empresas ligadas aos acusados. A denúncia do MPRJ à Justiça indicou que, ao menos a partir de 2011, o empresário e o filho teriam formado “organização criminosa” para praticar crimes com o lançamento de empreendimentos hoteleiros, como o Supreme Resende Hotéis e Business, que supostamente seria construído no município de Resende, no sul fluminense.

As investigações, de acordo com o MPRJ, apontaram que, mesmo sabendo que jamais realizariam qualquer construção em Resende, os três líderes “realizaram pomposos eventos para o lançamento do empreendimento ao público, com ampla divulgação na imprensa, dando início à comercialização de centenas de unidades imobiliárias”. 

Para o MPRJ, o grupo lucrou R$ 16,7 milhões, com pagamentos realizados por consumidores lesados à conta da empresa NEP Incorporações SPE 8 Resende LTDA. Os valores eram relativos à venda de unidades autônomas no prometido empreendimento. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top