Assine o fluminense

SG: ‘homem-bomba’ mobiliza forças especiais da polícia

Suspeito de assaltos é achado morto com explosivo amarrado ao corpo

Esquadrão Antibombas esteve no local, removeu e detonou o explosivo

Lucas Benevides

Um homem com explosivo caseiro amarrado ao corpo foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira (11) na Rua Garcia Pires, no Coelho, em São Gonçalo.

A polícia investiga informações de que o homem, que tinha várias marcas de tiro, assaltava na região intimidando as vítimas com o explosivo.

O Esquadrão Antibombas da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) foi acionado para remover o artefato caseiro, que acabou sendo detonado pelos agentes em um local seguro. 

Os primeiros PMs que chegaram ao local notaram o artefato explosivo e acionaram a Delegacia de Homicídios (DH) de Niterói, que, por sua vez, pediu apoio ao Esquadrão Antibombas. 

Duas viaturas foram deslocadas para o local e oito policiais da unidade especial afastaram os curiosos e trabalharam por uma hora até que o artefato fosse removido do cadáver e detonado. Um dos, policiais que usava uma roupa especial que pesa 35 kg, fez a detonação e, após a explosão, os agentes da DH começaram a realizar a perícia. 

Além da bomba, o homem estava com um simulacro de pistola na cintura. Segundo a polícia, ele foi desovado por ocupantes de um veículo. Familiares dele estiveram no local, mas não se pronunciaram. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top