Assine o fluminense

Forças Armadas realizam ação contra roubo de cargas em SG

Blitze foram realizadas pelos militares no município em vários pontos das rodovias BR-101 e RJ-104

Militares das Forças Armadas realziaram blitz em trechos da BR-101 no Boaçu e Guaxindiba

Foto: Marcelo Feitosa

A Secretaria de Estado de Segurança deflagrou na manhã desta quarta-feira (9) uma operação contra os roubos de carga em São Gonçalo. Homens das Forças Armadas foram posicionados em diferentes pontos da Rodovia BR-101 (Niterói-Manilha) e também da Rodovia RJ-104 no município, onde foram realizadas blitzen. As ações fizeram parte das medidas implementadas pela Intervenção Federal na Segurança Pública do Estado.

Pontos de bloqueio foram montados pelos militares nos trechos da BR-101 no Boaçu, Guaxindiba e em Manilha, em Itaboraí. Já na RJ-104, os militares atuaram próximo na altura de Vista Alegre e também em Santa Luzia. Quem parava na bloqueio tinha o carro revistado pelos militares. Até o fechamento desta edição, não havia informações de prisões ou apreensões. 

Na semana passada, o Comando Conjunto das Forças Armadas havia anunciado que ações de patrulhamento móvel realizadas diariamente nas comunidades da capital carioca iriam ser estendidas para São Gonçalo e Baixada Fluminense. Na ocasião, foi anunciado que o objetivo era derrubar as barricadas montadas por traficantes nas favelas para dificultar a entrada da polícia e das Forças Armadas, principalmente nas comunidades em áreas de conflito. Ontem, no entanto, nenhuma comunidade foi alvo de ação das Forças Armadas. 

Veículos que trafegavam pelas estradas em São Gonçalo foram parados e revistados pelos soldados

Foto: Marcelo Feitosa

Cerco – De acordo com o Comando Conjunto, na capital a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Polícia Civil realizaram patrulhas motorizadas ao longo da Avenida Brasil. Também foram estabelecidos pontos de bloqueio e controle dos acessos às rodovias federais. Até o fechamento desta edição 21 pessoas tinham sido presas nas favelas Furquim Mendes, Dique e FICAP, todas na região compreendida entre os bairros da Pavuna e de Vigário Geral, da Zona Norte do Rio. Todas foram colocadas em um ônibus da PRF e levados para a cidade da Polícia, no bairro Jacaré. 

Segundo o Comando Conjunto, na esfera interestadual, com o objetivo de coibir o tráfico de drogas e armas, e em coordenação com PRF, foram desencadeadas também ações nas rodovias que conduzem às divisas com os estados de São Paulo e Minas Gerais.

Nas operações de ontem, foram empregados 1.550 militares das Forças Armadas, 140 policiais rodoviários federais e 150 policiais civis, com apoio de meios blindados, aeronaves e equipamentos pesados de engenharia. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top