Assine o fluminense

Guarda é acusado de agredir mulher

Homem teria tentado, ainda, matá-la com uma faca

Um guarda-municipal do município de Maricá foi preso por policiais do 12º BPM (Niterói) no início da manhã deste sábado no bairro Mumbuca.

De acordo com a Polícia Militar, ele é acusado de agredir uma mulher e ainda tentar matá-la com uma faca. A polícia não informou o motivo do crime nem se os envolvidos se conheciam ou têm grau de parentesco.

Segundo a polícia, a filha da vítima, que está grávida de 8 meses, entrou em luta corporal com o guarda-municipal e conseguiu desarmá-lo. Logo depois, acionou a Polícia Militar. 
Em nota divulgada à imprensa, a Prefeitura de Maricá comentou o caso, mas também não revelou detalhes do caso. 

“A Secretaria de Segurança informa que a pessoa citada integra os quadros da Guarda Municipal de Maricá. Como a Secretaria não compactua com comportamentos desse tipo, nem é esse o padrão do efetivo da Guarda, o profissional será afastado e já está sendo submetido a processo disciplinar, o qual, ao término, poderá resultar em sua expulsão dos quadros. A Prefeitura reitera que comportamentos dessa natureza não são e não serão tolerados”, diz o comunicado. 

O caso foi registrado na 76ª DP (Centro). 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top