Assine o fluminense

Insegurança no Pé Pequeno

Moradores reclamam de assaltos no bairro e dizem que iluminação precária tem facilitado ação de bandidos

Segundo moradores, bandidos têm se aproveitado da escuridão para agir

Foto: André Luiz Coutinho/Colaboração

Moradores do Pé Pequeno, na Zona Sul de Niterói, reclamam da precariedade na iluminação pública do bairro e da falta de poda de árvores, que segundo eles estão facilitando a ação de assaltantes. Na Rua Araruama e em parte das ruas Itaperuna e Itaguaí, a escuridão toma conta assim que o sol se põe. A travessa Saquarema também fica às escuras quando anoitece, reclamam os moradores. Segundo eles, os assaltos têm sido frequentes nestas vias.

O advogado Marcelo Santiago, de 26 anos, conta que foi assaltado por dois homens armados com pistola, por volta das 20h, na Rua Itaperuna, no ano passado. Ele argumenta que a falta de poda das árvores nas ruas internas facilita a prática de assaltos.

“Tem dias que a gente passa na rua e fica um breu. Além da iluminação ser ruim, alguns galhos de árvores cobrem a iluminação desses postes. Falta uma poda decente”, declarou, acrescentando que assaltos nas vias do bairro têm sido frequentes.

Outro morador, o aposentado Fernando Corrêa, aposentado, de 57 anos, lamenta a situação do bairro.

“O Pé Pequeno sempre foi um bairro tranquilo. O problema é que nos dois últimos anos a gente tem convivido com o medo por causa dos assaltos. Aí você olha as condições da Rua Itaperuna e simplesmente não vê uma iluminação decente. Por que não trocar essas lâmpadas por outras mais potentes?”, sugeriu.

Moradores relataram que os assaltos na região vêm cre​s​cendo, principalmente à noite. “Em um intervalo de quatro dias ocorreram dois assaltos”, contou uma moradora.

Mas os crimes também acontecem de dia.

“Já teve mãe de aluno de uma escola aqui perto que estacionou e foi buscar o filho. Quando voltou com a criança o veículo não estava mais no local”, contou uma moradora do bairro.

Em nota, a prefeitura de Niterói, através da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos, informou que já realizou duas ações de poda na Rua Itaperuna (julho e dezembro). Ainda segundo a prefeitura, a realização de poda na Travessa Saquarema, trata-se de árvores situadas em terreno particular e é de responsabilidade do proprietário do imóvel. Com relação a manutenção dos postes, a prefeitura informou que uma equipe foi ao local averiguar e efetuar as trocas necessárias.

“De acordo com o Código de Posturas do Município (Lei nº 2624, de 29/12/2008), compete, obrigatoriamente, ao proprietário do imóvel, ou ao seu ocupante, a execução e conservação de passeios, muros, cercas e muralhas de sustentação. O Departamento de fiscalização de posturas realiza fiscalizações diárias em todo município. Uma equipe será encaminhada ao local com objetivo de notificar os proprietários a realizarem a manutenção do passeio público”, diz trecho da nota. 

Procurada, a Polícia Militar não se pronunciou sobre os assaltos no bairro até o fechamento desta edição.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

denizard oliveira
lamentavel
Vote up!
Vote down!

: 0

You voted ‘up’

Scroll To Top