Assine o fluminense

ISP divulga últimos números da violência no município

Roubos de carga e assaltos a comércios disparam às vésperas do Natal, aponta levantamento

Em outubro deste ano, uma loja na Região Oceânica foi assaltada por seis bandidos. O prejuízo ultrapassou os R$ 400 mil

Foto: Marcelo Feitosa / Arquivo

Os números de roubos de cargas e de assaltos a comércios dispararam em Niterói às vésperas do Natal. Segundo dados do Instituto de Segurança Pública (ISP), no mês passado houve aumento de 36% no número de roubos aos estabelecimentos comerciais, em comparação com o mesmo período do ano anterior: 49 contra 36. Um dos crimes ocorreu no último dia 4 de outubro, em Piratininga. Na ocasião, seis bandidos armados invadiram a filial das Casas Bahia no bairro e após render funcionários e clientes levaram cerca de R$ 400 mil em mercadorias. Já os roubos de carga quase triplicaram no mesmo período: 15 em outubro deste ano contra seis em 2016. 

Para tentar conter o aumento da criminalidade, sobretudo os roubos de rua, bem como reforçar a segurança nos centros comerciais, a Prefeitura de Niterói anunciou o programa “Niterói Mais Segura”, que segue o modelo implantado com sucesso em bairros como Lapa, Centro, Lagoa, Aterro e o Méier, todos no Rio de Janeiro, e garantirá a presença de mais 302 agentes de segurança diariamente nas ruas da cidade. A previsão para o início do policiamento é no início de dezembro.

Outros índices – Segundo o último levantamento divulgado pelo ISP, também houve aumento no número de homicídios dolosos, com 12 casos em outubro deste ano contra 10 no mesmo período do ano passado (+20%); de roubos a pedestres, com 364 casos neste ano contra 353 (+3%) no ano passado; de roubos a coletivo, com 32 neste ano contra 31 (+3%) em outubro passado; de roubo de celular, com 75 neste ano contra 66 no ano passado (+13%) e roubo de veículos 174 em outubro deste ano contra 172 (+1%) no mesmo período de 2016.

O ISP também mostra que houve queda em vários índices como auto de resistência (morte causada por ação policial), seis em outubro deste ano contra três em outubro do ano passado (-50%); furto de veículos com 66 casos em outubro de 2016 contra 75 em 2017 (-12%); furto de bicicletas, com 25 casos em outubro de 2016 contra 16 (-36%) em outubro deste ano; e roubo a residências: sete casos contra cinco (-28%).

Policiamento – A Polícia Militar informou que o comando do batalhão de Niterói tem trabalhado para que os índices de criminalidade caiam. Para isso, a corporação tem feito parcerias com diversas entidades, como o Sindilojas, no sentido de reforçar a segurança nos centros comerciais por meio de bicicletas, bem como na Zona Sul da cidade.
Para conter os roubos de carga, a PM informou que tem atuado junto ao Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) nas localidades com maior incidência de roubos e que vai reforçar o patrulhamento nessas áreas. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top