Assine o fluminense

Militares presos por desvio de munições

Os mandados de prisão e de busca e apreensão foram cumpridos em bairros da Zona Oeste e da Baixada Fluminense

Dois militares do Exército foram presos nesta quarta-feira (5) sob a suspeita de desvio de munições. Os mandados de prisão e de busca e apreensão foram cumpridos em bairros da Zona Oeste e da Baixada Fluminense. O Comando Militar do Leste (CML) não divulgou nomes e patentes dos presos. De acordo com o Exército, um dos militares confessou que o material seria vendido para traficantes do Complexo da Penha, na Zona Norte do Rio. As munições foram retiradas de depósitos na Vila Militar, em Deodoro, na Zona Oeste do Rio. 

O Comando Militar do Leste emitiu a seguinte nota sobre o caso: “No último dia 31 de maio, em unidade do Exército sediada na Vila Militar (RJ), foi identificada, durante a conferência dos estoques de munições, divergência entre os registros logísticos e a efetiva munição existente no depósito. Ao serem constatadas versões conflitantes entre os responsáveis, foram determinadas a instauração de Inquérito Policial Militar e a prisão preventiva dos militares envolvidos. Como consequência, a Justiça Militar expediu ordens de busca e apreensão em diferentes endereços, que se encontram sendo cumpridos no dia de hoje (5 de junho). 

Mais uma vez o Exército Brasileiro ressalta a sua mais absoluta intolerância e não conivência com atos irregulares ou condutas delituosas por parte de seus membros, agindo, sempre de imediato, com o rigor e a celeridade exigidos nessas circunstâncias”. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top