Assine o fluminense

Morre uma das vítimas de explosão no Engenho do Roçado

Artefato teria sido posto no imóvel de policial militar por traficantes. Vítimas foram levadas para o Heat

Morreu na madrugada deste domingo (9) uma das vítimas da explosão de uma casa no último domingo (2), no bairro Engenho do Roçado, em São Gonçalo. Maria Célia Campos, de 48 anos, estava internada há uma semana por conta de queimaduras no Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), no Colubandê.

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde, a filha da vítima, de 20 anos, e o namorado de 19 seguem com estado de saúde gravíssimos, internados na mesma unidade hospitalar. Os três foram vítimas de uma explosão em uma casa na Rua Renilda da Silva Carvalho.

A polícia investiga se o atentado foi realizado por traficantes locais. A casa tinha sido vendida há três semanas para as vítimas e anteriormente pertencia à família de um policial militar que havia deixado o imóvel há um ano, por conta da expansão do tráfico de drogas na região. Grande parte do imóvel ficou totalmente destruída. O caso foi registrado na 75ª DP (Rio do Ouro) que investiga o caso.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top