Assine o fluminense

Zona Sul vive noite de terror

Ônibus são incendiados em Charitas após mortes em confronto com a polícia no Morro do Preventório

As chamas puderam ser vistas de vários pontos da Zona Sul da cidade

Divulgação / Monique Lomelino

Tiros, fogo e ameaças levaram terror a Charitas, na Zona Sul de Niterói, na noite desta sexta-feira. Após a morte de dois acusados de tráfico em confronto com PMs no Morro do Preventório, quatro ônibus foram incendiados e um apedrejado na Av. Silvio Picanço, em frente à comunidade. Em desespero, passageiros abandonaram os coletivos enquanto bandidos ateavam fogo.

Passageiros que chegavam a Niterói de barca buscaram abrigo na estação Charitas, com medo de sair às ruas. A concessionária CCR-Barcas informou que as viagens não foram afetadas, mas disponibilizou aos interessados uma barca extra para levar passageiros de forma gratuita até a Estação Arariboia, onde desembarcaram em segurança. 

Durante o confronto entre PMs e traficantes no Preventório, alunos do Centro Integrado de Educação Pública (Ciep 449 Governador Leonel Moura Brizola – Intercultural Brasil-França) acabaram no fogo cruzado e deixaram as salas de aula para se protegerem agachados no chão dos corredores da escola.

Pela internet, pessoas disseram que as chamas atingiram a estação BHLS, mas a informação não havia sido confirmada até o fechamento desta edição.

A fiação elétrica foi afetada pelas chamas e prejudicou o fornecimento de energia na região, deixando imóveis às escuras. Até o final da noite, não havia informações de pessoas feridas. A Enel não se manifestou sobre o caso.

A violência gerou também o caos no trânsito da região. Motoristas que trafegavam pela Zona Sul e Região Oceânica foram impedidos de transitar pelo túnel, que ficou fechado, por quase duas horas, nos dois sentidos. 

De acordo com a prefeitura, a orientação era que os motoristas desviassem pela Av. Rui Barbosa, em São Francisco, e pela Estrada Francisco da Cruz Nunes, no Cafubá. 

O Sindicato das Empresas de Transportes Rodoviários do Estado do Rio de Janeiro (Setrerj) divulgou a seguinte nota:

“Três ônibus, foram incendiados e um acabou sendo apedrejado por manifestantes da comunidade do Preventório, na noite de ontem. Um carro da Viação Pendotiba, do novo modelo, BHLS, também começou a pegar fogo, mas o motorista conseguiu apagar o incêndio antes que se alastrasse, e fugiu com o veículo. Não há informação sobre feridos”. 

Segundo a PM, o vandalismo começou por volta das 18h, quando manifestantes acompanhados de homens armados desceram o Preventório e fecharam o Túnel Charitas-Cafubá.

O grupo ateou fogo em madeiras, sofás e pneus para impedir a passagem dos veículos. Em seguida, segundo testemunhas, bandidos armados atacaram os coletivos que circulavam pelo bairro. Os passageiros que estavam dentro dos ônibus tiveram que sair às pressas para não serem feridos. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

rodrigo
Não entendo pq não se joga um jato de agua nesses pseudo-manifestantes e metem tiro de borracha. Queimar ônibus nunca sera justificável. Mete bala que nunca mais farão isto de novo
Vote up!
Vote down!

: 0

You voted ‘up’

andré Braga
A culpa é do usuário que alimenta essa porcaria.
Vote up!
Vote down!

: 0

You voted ‘up’

luciana
O nome disso é impunidade.
Vote up!
Vote down!

: 0

You voted ‘up’

Veja também

Scroll To Top