Assine o fluminense

Operação integrada no Rio abrange maior território desde início da GLO

Homens do Exército estiveram em São Gonçalo hoje pela manhã

Agentes do Exército estiveram em patrulhamento em São Gonçalo

Foto: colaboração / Lislane Rottas

A operação integrada entre as forças federais e estaduais de segurança realizada desde ontem (19) no Rio de Janeiro é a maior em abrangência territorial desde o início das ações integradas, em julho do ano passado. Hoje pela manhã já foi possível observar a atuação de patrulhamento na entrada do Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo. 

A avaliação é do porta-voz do Estado-Maior Conjunto nas Ações em Apoio ao Plano Nacional de Segurança Pública, coronel Roberto Itamar.

"É a maior operação em termos de abrangência de espaço desde o início da GLO [Garantia da Lei e da Ordem], porque ela vem desde as divisas do Rio com outros estados até as comunidades que recebem as cargas, com três linhas de bloqueio", disse o coronel, referindo-se ao decreto de GLO que permitiu a realização de operações integradas no estado do Rio. O decreto foi assinado em julho do ano passado e renovado para abranger todo o ano de 2018.

As ações continuam na manhã de hoje (20) e, segundo a Secretaria Estadual de Segurança Pública, já estavam planejadas antes da publicação do decreto de intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro. A medida foi assinada pelo presidente Michel Temer na última sexta-feira (16) e está em discussão desde ontem no Congresso Nacional. Um balanço da operação integrada deve ser divulgado até a noite de hoje.

Mais de 3 mil integrantes do Exército, da Marinha e da Aeronáutica, com policiais civis e militares, homens da Força Nacional de Segurança e da Polícia Rodoviária Federal (PRF), montaram pontos de bloqueio e fiscalização nas divisas do Rio com São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo. Além disso, vias expressas na Baixada Fluminense e em São Gonçalo e acessos a comunidades estão sob patrulhamento. 

Simultaneamente, as forças de segurança realizam uma operação na favela Kelson's, na zona norte do Rio.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top