Assine o fluminense

Suspeito é morto tentando invadir campus da UFF em Niterói

Na tentativa de pular o muro da universidade o fugitivo acabou baleado pela PM

Um homem morreu na noite desta sexta-feira (14) durante perseguição com troca de tiros na Praça Leoni Ramos (Cantareira), em São Domingos, na Zona Sul de Niterói. O confronto teve início quando policiais militares tentaram abordar uma dupla de moto em atitude suspeita, circulando pela região. A dupla se recusou a parar e fugiu em alta velocidade, em direção ao campus Gragoatá da Universidade Federal Fluminense (UFF) que fica a poucos metros da praça.

No caminho, a moto colidiu contra um caminhão e a dupla seguiu fugindo a pé pela Rua Projetada. Um conseguiu escapar seguindo em direção oposta à universidade, mas o outro acabou baleado quando tentava entrar no campus e moreu no local. Segundo a polícia, com o morto os policiais encontraram bolsas, documentos pessoais de terceiros e celulares que seriam provenientes de roubos.

Na manhã deste sábado, moradores lavaram a rua que ficou coberta de sangue. Os estudantes contaram que pelo local um pouco depois do acontecido e viram a movimentação da polícia. “É importante ressaltar que nós, estudantes da UFF, sofremos muito com assaltos que acontecem aqui nas redondezas. Soube que alguns estudantes estavam organizando uma abaixo-assinado para prostestar contra a falta de segurança em torno do campus. A gente espera que alguma providência seja tomada e que possamos ter mais tranquilidade para transitar”, disse um aluno.

De acordo com o comandante do 12º BPM (Niterói), coronel Márcio Rocha, a região é bem patrulhada, com rondas ostensivas. “Os policiais envolvidos na ocorrência estavam em patrulhamento pelo local quando desconfiaram da atitude suspeita da dupla.Isso mostra que o policiamento está presente na área. Com relação a falta de segurança comentada pelos estudantes, eu gostaria que houvesse um diálogo entre eles e o batalhão. Nossa unidade está aberta para que eles possam trazer as suas demandas e juntos podermos conversar sobre uma melhor maneira de realizar o policiamento na região”, declarou o comandante. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top