Assine o fluminense

Polícia Civil cumpre mandados e ‘caça’ bandidos que assaltaram delegada em Niterói

Ação conjunta entre delegacias e a Coordenadoria de Recursos Especais prendeu sete suspeitos

Polícia Civil realizou operação no Morro do Castro

Foto: Marcelo Feitosa

Policiais Civis da 78ª DP (Fonseca) e da Coordenadoria de Recursos Especais (Core), da Polícia Civil , realizaram na manhã desta quarta-feira (15), a operação 'Delta Charlie' no Morro do Castro, divisa entre São Gonçalo e Niterói. A ação também conta com a participação da 79ª DP (Jurujuba), 81ª DP (Itaipu),72ª DP (Mutuá).  

Sete suspeitos foram presos durante a operação, entre eles, ‘Jó’, apontado pela polícia como gerente do tráfico de drogas no Morro do Castro. A ação da polícia foi realizada para localizar e prender criminosos responsáveis pelo assalto à delegada Carla Tavares, titular da 82ª DP (Maricá), na noite do dia 5 de abril, na Rodovia RJ-104 e também cumprir dez mandados de prisão por roubos em Niterói e São Gonçalo. 

Dos suspeitos de envolvimento no assalto à delegada, três foram presos e um continua foragido. Dos dez mandados de prisão por roubo, três foram cumpridos. Ainda houve um flagrante por tráfico de drogas e porte ilegal de armas. 

Foram apreendidos durante a operação uma pistola calibre 380, um simulacro de pistola, carregadores de pistola, material químico e material entorpecente a contabilizar e um caderno com anotações do tráfico de drogas. Também foram apreendidos dois carros roubados, um Jeep Compass e um Honda HRV.  

Os presos serão encaminhados para o Complexo Penitenciário de Bangu, na Zona Oeste do Rio. 

Assalto – A delegada Carla Tavares, titular da 82ª DP (Maricá), foi assaltada no dia 5 der abril, por volta de 21h40. Ela estava acompanhada de um inspetor quando passava de carro pela Rodovia RJ-104, na altura do Baldeador, em Niterói, próximo ao Ciep 251 (Dona Maria Portugal). Ela foi abordada por bandidos armados que estavam fazendo arrastão na estrada.  

Após renderem a delegada e o inspetor, os bandidos roubaram as armas dos policiais e o carro em que eles estavam. A identidade funcional e o distintivo da delegada também foram roubados, bem como pertences pessoais. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Eunezio de Souza Monte raso
Esta explicado se fosse seu João do carro de ovo . com certeza a polícia diria que não teria pessoal disponível para a operação.
Vote up!
Vote down!

: 0

You voted ‘up’

Veja também

Scroll To Top