Assine o fluminense

Filhos de Flordelis têm prisão temporária decretada

Os dois estão presos na carceragem da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo

Filho do pastor e da deputada foi levado para a Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo

Foto: Marcelo Feitosa

Foram decretados pela Justiça na tarde desta quinta-feira (20) os pedidos de prisão temporária de Lucas Cezar dos Santos de Souza e Flávio dos Santos Rodrigues, filhos da deputada federal Flordelis (PSD), por suspeita de participação na morte do pai adotivo dos dois, o pastor Anderson do Carmo de Souza, morto a tiros no último domingo (16), em Pendotiba, Niterói.  O pedido da prisão foi feito pela Polícia Civil.  

Lucas e Flávio estão presos na carceragem da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG).   Inicialmente Flávio foi preso ao ser enquadrado na Lei Maria da Penha. Ele foi detido na segunda-feira (17), assim que saia do enterro de Anderson do Carmo. Lucas também foi preso na segunda-feira, mas por tráfico de drogas, crime cometido quando ele ainda era menor de idade. 

Na tarde desta quinta-feira o novo advogado responsável pela defesa no caso, Marcelo Ramalho, esteve na Delegacia de Homicídios para se inteirar sobre os autos do processo.  

“Por hora não tenho nada a dizer porque eu não conheço os elementos do inquérito. A defesa está vindo aqui para tomarmos conhecimento das circunstâncias dos fatos e depois iremos nos pronunciar”, disse. 

O advogado Marcelo Ramalho assumiu o caso após a advogada Luciene Diniz Suzuki abandonar a defesa por conta de uma suposta confissão do crime, que teria sido feita por Lucas dos Santos. A assessoria de imprensa da deputada também não estaria mais prestando serviços para ela.  

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top