Assine o fluminense

Rio: Forças Armadas fazem operação em comunidades

Cerca de 4 mil homens, carros blindados e aeronaves foram mobilizados

Cerca de 4 mil homens das Forças Armadas e das polícias Civil e Militar fizeram nesta quarta-feira (11), uma operação em comunidades das zonas norte e sul do Rio de Janeiro. Segundo nota divulgada pelo Comando Conjunto, que reúne o Exército, a Marinha e Aeronáutica, os alvos da ação foram as comunidades do Complexo do Lins, na zona norte, e as comunidades do Pavão-Pavãozinho, Cantagalo, Babilônia e Chapéu Mangueira, na zona sul.

Ainda de acordo com o Comando Conjunto, a operação é uma das medidas implementadas pela intervenção federal na segurança do Rio, iniciada em fevereiro deste ano, e envolve ações de cerco, patrulhamento, remoção de barricadas, revistas de pessoas e de veículos e checagem de antecedentes criminais. Mandados judiciais foram cumpridos pela Polícia Civil.

Participam dos trabalhos 3.700 militares das Forças Armadas, 200 policiais militares e 90 policiais civis, que são apoiados por veículos blindados, aeronaves e equipamentos de engenharia. 

Durante a operação, a auto-estrada Grajaú-Jacarepaguá chegou a ser interditada por causa da operação, informou o Centro de Operações da prefeitura do Rio. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top