Assine o fluminense

Sábado de violência em Niterói

Corpo foi encontrado em São Francisco e tiroteio acordou moradores do Fonseca

Dois casos de polícia deixaram assustados os moradores de Niterói logo nas primeiras horas deste sábado (7). Em São Francisco, na Zona Sul da Cidade, um homem ainda não identificado foi encontrado morto próximo da entrada da Comunidade da Grota do Surucucu. Na Zona Norte, na Comunidade da Palmeira, uma operação policial acordou os moradores ao som de tiros.

Segundo moradores de São Francisco, o corpo encontrado estava na Avenida Rui Barbosa, em um dos principais acessos à comunidade da Grota e, aparentemente, não se tratava de um jovem. Homens do 12º BPM (Niterói) foram deslocados até o local para verificar a ocorrência. 

Na Zona Norte, aconteceu m confronto entre policiais e traficantes que controlam o complexo de favelas da Palmeira. Ainda não há informações sobre prisões ou apreensões na ação, que ainda está em andamento. 

A comunidade tem sido alvo de guerra entre facções criminosas que lutam pelo controle do tráfico de drogas na localidade. De existe um "racha" nas lideranças do tráfico e agora eles disputam a liderança pelo comando da venda de entorpecente. Na última quarta-feira (4) um homem foi encontrado morto a tiros na comunidade Santo Cristo, no Fonseca, ligada a comunidade da Palmeira. 

Itaboraí - A manhã de sábado foi ainda mais violenta na cidade de Itaboraí. De acordo com agentes da Divisão de Homicídios de Niterói (DH), uma cabeça foi encontrada sobre um banco na entrada da Comunidade do Barreiro. 

A cabeça da vítima, ainda não identificada, foi localizada por agentes do 35° BPM (Itaboraí) quando estavam em operação para recuperar um automóvel Grand Siena roubado. Após resgatar o veículo, a equipe fez uma varredura na comunidade e nos acessos da Comunidade do Sem Terra localizou a cabeça. 

Peritos da DH foram até constaram que a vítima, um homem negro, foi morto em outro local e sua cabeça colocado sobre o banco, pois não havia manhas de sangue onde foi encontrado. A cabeça foi encaminhada para Instituto Médico Legal (IML) de Itaboraí, onde vai passar exames que possam identificar a vítima.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

paulo cesar oliveira
Itaboraí, cidade outrora pacata, como muitas outras de nosso Estado, vivendo esse clima de violencia. Qdo. isso vai acabar?
Vote up!
Vote down!

: 0

You voted ‘up’

Veja também

Scroll To Top