Você faz a notícia

Servidora pública morre atingida por bala perdida

PMs trocavam tiros com bandidos que roubaram carro no Centro de Niterói

Casal ficou no meio do fogo cruzado, durante confronto. Atingida, mulher não resistiu e morreu dentro do carro

Foto: via Whatsapp O Flu

Era para ser mais um sábado em família, no entanto, o final de semana terminou em tragédia para um casal de servidores públicos, moradores de São Gonçalo. A escriturária Solange Gonçalves Prata, de 53 anos, morreu na manhã deste sábado (15), na Rua Francisco Rocha, no Porto da Pedra, após ser atingida por uma bala perdida durante confronto entre policiais militares do 7º BPM (São Gonçalo) e bandidos que haviam roubado um carro durante arrastão promovido no Centro de Niterói. Dois suspeitos acabaram presos e um conseguiu escapar do cerco policial. 

O carro roubado era de um policial militar. Ele conseguiu acionar o 12º BPM e, por meio de um localizador de GPS instalado em seu veículo, informou aos colegas por onde seu carro trafegava. Ao entrar no município vizinho, o batalhão de Niterói acionou o de São Gonçalo.

Ao avistarem os bandidos, teve início o confronto e durante o tiroteio, um dos criminosos tentou trocar de carro para seguir na fuga, fazendo o casal de refém na Rua Francisco Rocha. O marido de Solange, bastante abalado, contou que um homem entrou em seu carro o e, desesperado, ordenou que ele fugisse com o veículo do local. “Vi homens correndo e escutei os tiros. Assustado, tentei sair da trajetória dos tiros, mas não deu tempo. Um dos bandidos entrou no meu carro e pediu que o levasse para fora li. Neste momento um tiro pegou no meu carro, eu ainda gritei para não atirarem, mas vieram outros”, declarou.

O caso foi registrado na 73ª DP (Neves). Em nota, a delegacia informou que os suspeitos Thiago Guimarães de Oliveira, de 21 anos, e Ronald Soares Teixeira, 1de 8 anos, foram presos em flagrante, acusados de roubo qualificado.“Durante a ocorrência uma vítima foi atingida por disparos de arma de fogo, o que também está sendo investigado. Foi feita perícia e são aguardados os laudo para identificar trajetória, calibre e origem dos disparos que atingiram fatalmente uma das vítimas. O armamento utilizados pelos policiais militares foram apreendidos. Um terceiro elemento fugiu do local e será identificado no decorrer das investigações. Na sede policial, inúmeras vítimas reconheceram os meliantes como autores dos roubos que sofreram na manhã deste sábado”, detalhou o comunicado. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

paulo cesar oliveira
Nunca fui, até pouco tempo atrás, a favor do uso das Forças Armadas nas ruas das cidades. Porém, dado o clima de violencia que anda nos assolando, já mudei de idéia, principalmente em São Gonçalo, onde a Polícia Militar conta com um efetivo pequeno para atender seus mais de 1 milhão de moradores e a cidade está infestada de meliantes, que abusam dessa falta de força policial, para cometerem assaltos a qualquer hora do dia.
Vote up!
Vote down!

: 0

You voted ‘up’

Scroll To Top