Assine o fluminense

Tráfico ataca PMs e deixa dois baleados no Catarina

Viaturas foram alvos de disparos quando faziam patrulhamento no bairro

Dois policiais militares do 7° BPM (São Gonçalo) foram baleados nesta terça-feira (12), durante ações de patrulhamento no Jardim Catarina. Os crimes aconteceram com uma diferença de sete horas. O primeiro ocorreu pela manhã, por volta das 8h30, quando uma guarnição trafegava pelo bairro e foi alvo de vários disparos de arma de fogo, feitos por traficantes de drogas que controlam o território. O segundo ataque à polícia ocorreu às 15h30, quando dois criminosos em uma motocicleta dispararam contra uma viatura que circulava na região e fugiram em seguida.

Na ocorrência da manhã desta terça, a polícia revidou e houve intensa troca de tiros. O militar baleado foi atingido na coxa direita. O PM foi socorrido pelos colegas de farda e foi encaminhado para o Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), no Colubandê. Por volta das 9h, ele foi submetido a uma cirurgia para a retirada do projétil. De acordo com boletim médico da unidade, seu estado de saúde é estável.  

O outro agente, baleado à tarde, trafegava pelas ruas da comunidade em uma viatura quando o veículo foi atacado pela dupla de motocicleta. Conforme informações do 7° BPM, dois homens em uma motocicleta passaram ao lado da guarnição e dispararam contra os agentes. Um dos militares foi atingido no braço esquerdo e precisou ser levado às pressas para o Hospital Estadual Alberto Torres (Heat). Segundo a direção da unidade, o agente passa bem e não corre risco de morrer. 

Os dois casos foram registrados na 74ª DP (Alcântara) e até o fim da tarde desta terça ninguém foi preso. Segundo a polícia, o tráfico de drogas no Jardim Catarina é controlado pela facção criminosa Comando Vermelho (CV), que tem imposto clima de terror no bairro, ameaçando moradores e policiais. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top