NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Vereador é preso em ação contra milícia

A Secretaria de Estado de Polícia Civil, por meio das Delegacias de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) e Capital (DH / Capital), realizou na manhã dessa quinta-feira (18), em conjunto com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco/MPRJ) e o Serviço de Inteligência da Polícia Militar, em Queimados, a operação Hunter, com o objetivo de cumprir mandados de prisão e busca e apreensão contra pessoas ligadas à milícia e ao tráfico de drogas na região, com atuação em condomínios do programa “Minha Casa, Minha Vida”.

A operação teve o apoio da Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI/MPRJ) e da Superintendência de Inteligência do Sistema Penitenciário. Foram denunciadas 34 pessoas. Até o fechamento desta edição, 11 haviam sido presas, entre elas o ex-secretário de Defesa Civil do município e atual vereador, Davi Brasil Caetano. 

Davi é apontado como líder da milícia conhecida como “Caçadores de Ganso”, e também responsável pela exploração da atividade de distribuição clandestina de sinal de TV a cabo na região.

As investigações revelaram que o grupo atua em três diferentes localidades de Queimados: Condomínio Valdariosa, Condomínio Ulysses Guimarães e Condomínio Eldorado.
Os mandados foram cumpridos em Queimados, Belford Roxo, Nova Iguaçu, Rio de Janeiro, Japeri, Maricá e em cadeias públicas.

Scroll To Top